The spirituality of oncology health professionals / A espiritualidade dos profissionais de saúde da oncologia

Main Article Content

Pollyanna Lara Gonçalves Pereira Pinto
http://orcid.org/0000-0001-7514-5157
Mallena Silva Soares
http://orcid.org/0000-0001-8135-0827
Henrique Andrade Barbosa
http://orcid.org/0000-0001-8650-8064

Resumo

Objetivo: identificar a influência da espiritualidade no trabalho dos profissionais de saúde da oncologia de dois hospitais do Norte de Minas Gerais. Método: o estudo trata-se de uma pesquisa quantitativa, transversal e descritiva. Questão norteadora: influência da espiritualidade no trabalho dos profissionais de saúde da oncologia. Resultado: nenhum profissional de saúde é considerado totalmente sem espiritualidade, sendo que 15,9% se consideram muito religiosa e 84,1% se consideram moderadamente religiosa; e quando se perguntou: o quanto se considera pessoa espiritualizada? 15,9% se consideram muito espiritualizada e 84,1% se consideram moderadamente espiritualizada. Conclusão: a presente pesquisa denota-se uma tendência baixa quanto à frequência com que esses profissionais buscam por um apoio religioso. Constatou-se, também, a escassez de serviços de apoio religioso no âmbito hospitalar. 




 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Pinto PLGP, Soares MS, Barbosa HA. The spirituality of oncology health professionals / A espiritualidade dos profissionais de saúde da oncologia. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 14º de junho de 2021 [citado 30º de junho de 2022];13:1167-71. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/9114
Seção
Research
Biografia do Autor

Pollyanna Lara Gonçalves Pereira Pinto, Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE

Enfermeira.  Pós Graduada em Urgência e Emergência nas Faculdades Unidas do Norte de Minas - Funorte. Montes Claros-MG-Brasil

Mallena Silva Soares, Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE

Enfermeira.  Pós Graduada em Urgência e Emergência nas Faculdades Unidas do Norte de Minas - Funorte. Montes Claros-MG-Brasil

Henrique Andrade Barbosa, Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE

Enfermeiro. Mestre em Ciencias da Saúde. Professor das Faculdades Unidas do Norte de Minas - FUNORTE, Faculdade de Saúde Ibituruna/FASI e Universidade Estadual de Montes Claros /Unimontes. Montes Claros-MG-Brasil.

Plum Analytics

Referências

Barbosa RMM, Ferreira JlP, Melo MCB, Costa JMA. Espiritualidade como estratégia de enfrentamento para familiares de pacientes adultos em Cuidados Paliativos. Rev. SBPH. [Internet]. 2017 [acesso em 20 de junho 2019]; 20(1). Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-08582017000100010&lng=pt.

Filho LSM, Khoury HTT. Uso do coping religioso/espiritual diante das toxicidades da quimioterapia no paciente oncológico. Rev. Bras. Cancerol. [Internet]. 2018 [acesso em 20 de junho 2019]; 64(1). Disponível em: https://rbc.inca.gov.br/revista/index.php/revista/article/view/112

Evangelista CB, Lopes MEL, Costa SFG, Batista PSS, Batista JBV, Oliveira AMM. Cuidados paliativos e espiritualidade: revisão integrativa da literatura. Rev. bras. enferm. [Internet]. 2016. [acesso em 20 de junho 2019]; 69(3). Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672016000300591&lng=pt. https://doi.org/10.1590/0034-7167.2016690324i.

Longuiniere ACF, Yarid SD, Silva ECS. Influência da religiosidade/espiritualidade dos profissionais da saúde na valorização da dimensão espiritual do paciente crítico. Rev. enferm. UFPE on line. [Internet]. 2017 [acesso em 20 de junho 2019]; 11(6). Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/viewFile/23418/19096

Magalhães MV, Melo SC de A. MORTE E LUTO: o sofrimento do profissional da saúde. Psicol. Saúde Debate [Internet]. 2015 [acesso em 20 de julho 2019]; 1(1). Disponível em: http://psicodebate.dpgpsifpm.com.br/index.php/periodico/article/view/7

Faria NC. O processo de morte e morrer de pessoas com câncer, em diferentes contextos, sob o olhar dos profissionais de saúde. [Mestre em Ciências]. São Paulo (Brasil): Universidade de São Paulo; 2017. [acesso em 20 de junho 2019]. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22133/tde-01122017-201439/publico/NATALIACINTRAFARIA.pdf

Siqueira HCH, Cecagno D, Medeiros AC, Sampaio AD, Rangel RF. Espiritualidade no processo saúde-doença-cuidado do usuário oncológico: Olhar do Enfermeiro. Rev. enferm. UFPE on line. [Internet]. 2017 [acesso em 20 de junho 2019]; 11(8). Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/download/110202/22099

Arrieira ICO, Thofehrn MB, Milbrath VM, Schwonke CRGB, Cardoso DH, Fripp JCO. O sentido da espiritualidade na transitoriedade da vida. Esc. Anna Nery Rev. Enferm. [Internet]. 2017 [acesso em 20 de julho 2019]; 21(1). Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=127749356012

Melo CF, Sampaio IF, Souza DLA, Pinto NS. Correlação entre religiosidade, espiritualidade e qualidade de vida: uma revisão de literatura. Estud. pesqui. psicol. [Internet]. 2015 [acesso em 20 de junho 2019]; 15(2). Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-42812015000200002

Longuiniere ACF, Yarid SD, Silva ECS. Influência da religiosidade/espiritualidade do profissional de saúde no cuidado ao paciente crítico. rev. cuid. (Bucaramanga.2010). [Internet]. 2018 [acesso em 20 de junho 2019]; 9(1). Disponível em: https://doi.org/10.15649/cuidarte.v9i1.413

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)