UTILIZATION OF DRUGS AMONG USERS OF AMBULATORY’S DIABETES: A DESCRIPTIVE STUDY

Vivian Saraiva Veras, Francisco Januário Farias Pereira Filho, Márcio Flávio Moura de Araújo, Flávia Fernanda Luchetti Rodrigues, Maria Lúcia Zanetti, Renan Magalhães Montenegro Júnior

Resumo


Objetivo: identificar como sujeitos com diabetes mellitus tipo 2 utilizam medicamentos para o controle da sua doença. Método: foram entrevistados 239 sujeitos com diabetes mellitus tipo 2, atendidos num ambulatório de diabetes de Fortaleza-Brasil em 2006. Resultados: os resultados mostram que 39,3% utilizam os antidiabéticos orais. A maioria diariamente obedece a prescrição médica, 83,3% adquirem os medicamentos na rede pública de saúde. Aproximadamente 66% e 35% realizam a auto-administração e necessitam de apoio familiar na utilização dos medicamentos, respectivamente. Dentre os principais problemas, foi verificado que 37,2% diferenciam os medicamentos apenas pelo nome na embalagem e que os efeitos adversos mais referidos foram os sintomas gastrintestinais. Conclusões: Há ainda a necessidade de reorganização dos serviços de atenção às pessoas com DM que assegure além do fornecimento dos medicamentos, a sua utilização de forma correta para obtenção do efeito terapêutico desejado.


Palavras-chave


Diabetes mellitus; Cooperação do paciente; Uso de medicamentos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2011.v3i2.1894%201903 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge
SCImago Institutions Rankings