Moral harassment at work and its complexity: reviewing the scientific productions

Cristiane Batista Andrade, Barbara Indaia Bueno, Ana Laura Mistura Gardino, Balbina Francisca Almeida Tenório Freitas

Resumo


OBJETIVO: Analisar as produções bibliográficas sobre o assédio moral nos últimos cinco anos no Brasil. MÉTODOS: Estudo de revisão integrativa em artigos nacionais na base de dados do LILACs e Biblioteca Virtual em Saúde. Foram selecionados doze artigos nas áreas de administração, direito, enfermagem, fisioterapia e psicologia. RESULTADOS: O assédio moral é complexo, pouco investigado, há ausência de uma legislação brasileira e predominância de estudos oriundos da psicologia. A pesquisa mostrou que os prejuízos para a saúde do trabalhador vão desde os aspectos psíquicos, afetivos e físicos até sociais e econômicos. CONCLUSÃO: O assédio moral no trabalho pode estar presente em qualquer situação, sendo um problema que deve ser também investigado por equipes multidisciplinares. O profissional de saúde do trabalhador deverá conhecer o conceito, as características e as consequências dessa violência no trabalho, prestando assistência especializada, pautada nos direitos trabalhistas e de saúde. DESCRITORES: Trabalho. Doenças profissionais. Saúde do trabalhador.


Palavras-chave


Trabalho. Doenças profissionais. Saúde do trabalhador.

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2015.v7i3.2761-2773 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge
SCImago Institutions Rankings