Oral hygiene to a hospitalized dependent patient: perceptions of a nursing team

Silvia Silva Santos Passos, Evanilda Souza de Santana Carvalho, Dora Sadigursky, Vera Patricia Carneiro Cordeiro Nobre, Gesidalva Araujo dos Santos Leite

Resumo


Objetivo: Discutir a percepçãoda equipe de enfermagem sobre a higiene oral de pacientes dependentes hospitalizados. Método: Estudo descritivo, qualitativo, realizado nas clínicas médica e cirúrgica de um hospital do interior da Bahia, no período de março a julho de 2006, dados obtidos através da entrevista semiestruturada aplicada a dezessete participantes, complementados pela observação estruturada. Resultado: Após a análise de conteúdo temática emergiram três categorias que revelam: a higiene oral como cuidado importante para o paciente; a higiene oral evita o desconforto da equipe na prestação de outros cuidados; e a higiene oral pode ser delegada para a família. Conclusão: No contexto estudado não existe protocolo para realização desse cuidado, os odores advindos da boca do paciente definem sua periodicidade, a higiene oral é realizada por familiares e as enfermeiras não participam diretamente deste cuidado.

Palavras-chave


Cuidados de Enfermagem; Hospitalização; Equipe de Enfermagem; Higiene bucal; Pessoas com Deficiência

Texto completo:

PDF-En PDF-Pt


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2014.v6i4.1396-1408 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 
 
 
 
 
SCImago Institutions Rankings

 

  

 

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.