ACCESS OF THE MALE POPULATION TO THE HEALTH SERVICES: PERCEPTION OF THE FAMILY HEALTH STRATEGY PROFESSIONALS

Mércio Gabriel de Araújo, Alexandra do Nascimento Cassiano, Gleyce Any Freire de Lima, Cristyanne Samara Miranda de Holanda, Jovanka Bittencourt Leite de Carvalho

Resumo


Objetivo: Conhecer a percepção dos profissionais da Estratégia Saúde da Família a cerca do acesso do homem aos serviços básicos de saúde. Método: Pesquisa exploratória e qualitativa desenvolvida com 16 profissionais da ESF, com aprovação no Comitê de Ética (CEP/UERN - n°052/11). Os dados foram discutidos através da análise temática de Minayo. Resultados: O trabalho é considerado uma barreira para o acesso dessa população aos serviços de saúde ou a continuidade de tratamentos já estabelecidos. Os profissionais responsabilizam o homem pela sua ausência no serviço. A não participação do homem está relacionada à ausência de planejamento e organização na ESF, falta de intersetorialidade e assistência pautada exclusivamente em ações ambulatoriais. Conclusão: identifica-se a ausência de estratégias que atraiam o homem a UBS, os desafios tornam-se evidentes diante da invisibilidade de práticas que favoreçam a procura pelos serviços de saúde.

Descritores: Saúde do homem, acesso aos serviços de saúde, saúde da família.


Palavras-chave


Saúde do homem, acesso aos serviços de saúde, saúde da família.

Texto completo:

PDF-En PDF-Pt


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2013.v5i4.475-484 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge