Mortality profile from falls in the elderly

Aíla Marôpo Araújo, Rejane Maria Paiva de Menezes, Ana Elza Oliveira de Mendonça, Monique da Silva Lopes, Alessandre de Medeiros Tavares, Heloísa Cristina Ferreira de Lima

Resumo


Objetivo: CARACTERIZAR O PERFIL DA MORTALIDADE POR QUEDAS EM IDOSOS NO MUNICÍPIO DE NATAL, ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Métodos: ESTUDO EPIDEMIOLÓGICO DESCRITIVO, RETROSPECTIVO, DE ABORDAGEM QUANTITATIVA, BASEADO NAS INFORMAÇÕES DOS IDOSOS ENCONTRADAS NO SISTEMA DE INFORMAÇÃO SOBRE MORTALIDADE (SIM), ENTRE 2000 E 2010. A TABULAÇÃO DOS DADOS FOI ATRAVÉS DO TABWIN 3.2, COM APRESENTAÇÃO EM TABELAS E ANALISADOS COM RESPALDO NA LITERATURA. ESTE ESTUDO UTILIZOU-SE DE DADOS SECUNDÁRIOS DISPONIBILIZADOS PELO MINISTÉRIO DA SAÚDE. Resultados: 70 REGISTROS DE ÓBITOS EM IDOSOS FORAM CONSIDERADOS.  30,02% POR QUEDA DE MESMO NÍVEL POR ESCORREGÃO, TROPEÇÃO OU PASSOS EM FALSO E 24,30% POR OUTRAS QUEDAS NO MESMO NÍVEL. PREVALECEU A IDADE DE 80 ANOS OU MAIS, SEXO MASCULINO E FEMININO, COR PARDA, COM NENHUM ANO DE ESTUDO E CASADOS. Conclusão: É FUNDAMENTAL QUE SEJAM FORTALECIDAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO DE QUEDAS EM IDOSOS, ASSIM COMO DIFUNDIDAS NAS DISCUSSÕES DE POLÍTICAS PÚBLICAS A PESSOA IDOSA. Descritores: REGISTROS DE MORTALIDADE, IDOSO, CAUSAS EXTERNAS, MORTALIDADE.


Palavras-chave


REGISTROS DE MORTALIDADE, IDOSO, CAUSAS EXTERNAS, MORTALIDADE.

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2014.v6i3.863-875 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

SCImago Institutions Rankings

 

  

 

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.