Evaluation of pain in neonates and children in intensive care

Fernanda Hanke Bottega, Eliane Raquel Rieth Benetti, Priscila Escobar Benetti, Joseila Sonego Gomes, Eniva Miladi Fernandes Stumm

Resumo


Objetivo: Conhecer ações da equipe de enfermagem referentes à avaliação da dor em neonatos e crianças durante o processo de hospitalização em terapia intensiva. Método: Estudo qualitativo, descritivo realizado com 16 profissionais de enfermagem que atuam em Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e Pediátrica, em maio e junho de 2011, mediante entrevista aberta.  Os preceitos éticos foram respeitados, projeto aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UNIJUÍ (CAAE nº 0008/2011). Resultados: Os dados foram submetidos à análise de conteúdo e emergiu a categoria analítica: a enfermagem na avaliação e controle da dor de neonatos e crianças em terapia intensiva.  Conclusão: Existem barreiras para tratar a dor em pediatria, que incluem ausência de avaliação, reavaliação adequada; entendimento inadequado sobre conceitos, quantificação da dor e déficit de conhecimento. Descritores: Medição da dor, Recém-nascido, Criança, Enfermage, Unidades de terapia intensiva.

 


Palavras-chave


Medição da dor, Recém-nascido, Criança, Enfermagem, Unidades de terapia intensiva.

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2014.v6i3.909-917 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

SCImago Institutions Rankings

 

  

 

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.