Aged: functional capacity for basic and instrumental activities of daily living

Main Article Content

Leticia Silveira Cardoso
Bárbara Tarouco da Silva
Daiane dos Santos Rodrigues
Cristiana Lopes Leal
Marcelo Clarete Seracini Penner

Resumo

OBJETIVO: Avaliar a capacidade funcional das pessoas idosas residentes em duas instituições de longa permanência de um município da região da campanha/RS. MÉTODO: Com abordagem exploratório-descritiva, aplicou-se a Escala de Katz e a de Lawton a 44 pessoas idosas para a coleta de dados, que foram analisados qualitativamente. RESULTADOS: As atividades básicas da vida diária, Escala de Katz, apresentaram maior grau de independência em relação às instrumentais, Escala de Lawton. As dependências das pessoas idosas que foram ressaltadas circunscrevem-se no atendimento as necessidades psciobilógicas de higiene corporal e eliminações para a realização das atividades básicas da vida diária. E nas necessidades psicossociais de comunicação e gregária para a realização das atividades instrumentais da vida diária. CONCLUSÃO: A capacidade funcional das pessoas idosas em investigação determina o planejamento e a organização do trabalho da Enfermagem. Determinando a qualidade dos serviços por indicar o quantitativo necessário para atender as exigências e a capacitação continua.     

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Cardoso LS, Silva BT da, Rodrigues D dos S, Leal CL, Penner MCS. Aged: functional capacity for basic and instrumental activities of daily living. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 28º de março de 2014 [citado 17º de janeiro de 2022];6(2):584-93. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/3193
Seção
Research
Biografia do Autor

Leticia Silveira Cardoso, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA/Uruguaiana

Doutora em Enfermagem. Professora do Curso de Enfermagem da Universidade Federal do Pampa (Unipampa/Uruguaiana). Membro do Laboratório de Estudo de Processos Socioambientais e Produção Coletiva de Saúde (LAMSA).

Bárbara Tarouco da Silva, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Doutora em Enfermagem. Professora da Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa de Família, Enfermagem e Saúde (GEPEFES).

Daiane dos Santos Rodrigues, Centro Universitário Franciscano

Enfermeira Assistencial na Unidade de Terapia Intensiva Adulto no Hospital Dr. Bartholomeu Tacchini. Especializanda em Terapia Intensiva com Ênfase em Oncologia e Controle de infecção Hospitalar no Centro Universitário Franciscano (UNIFRA).

Cristiana Lopes Leal, Hospital Santa Casa de Caridade de Rio Grande

Enfermeira Assistencial na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e Pediátrica do Hospital Santa Casa de Caridade de Bagé. Especialista em Enfermagem do Trabalho.

Marcelo Clarete Seracini Penner, Universidade da Região da Campanha - URCAMP/Alegrete

Licenciado em Educação Física. Acadêmico do Curso de Educação Física Bacharelado da Universidade da Região da Campanha (URCAMP/Alegrete).

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)