Diseases chronicles do not encephalopathies in the elderly: knowledges and actions from community health agents

Marinês Tambara Leite, Sandra Dal Pai, Julia de Moura Quintana, Marta Cocco da Costa

Resumo


Objetivo: Analisar os saberes e as ações realizados por Agentes Comunitários de Saúde (ACS) relativos às Doenças Crônicas Não-Transmissíveis (DCNT) em idosos. Métodos: Pesquisa qualitativa e descritiva. A coleta dos dados ocorreu por meio de entrevista junto a 20 ACS. As informações foram analisadas seguindo os passos da análise de conteúdo. Resultados: Os dados convergiram para a construção de duas categorias. Uma versa acerca do saber para a atuação dos ACS e a outra, as ações educativas executadas pelos ACS junto à população idosa. Considerações finais: Identificam-se limitações no saber e nas ações desenvolvidas pelos ACS referentes às DCNT em idosos, restringindo o cuidado para doenças como diabetes e hipertensão. Esta condição reflete no trabalho destes profissionais, mas pode ser modificada com ações educativas destinadas aos ACS, para que estes possam qualificar suas práticas junto à população idosa. Descritores: Idoso, Doença crônica, Agentes comunitários de saúde, Promoção da saúde.


Palavras-chave


Idoso; Doença Crônica; Agentes Comunitários de Saúde; Promoção da Saúde.

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2015.v7i2.2263-2276 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge
SCImago Institutions Rankings