Light, camera, tuberculosis: professional actors, supporting weaknesses or vice versa?

Janaína Von Söhsten Trigueiro, Jordana de Almeida Nogueira, Lenilde Duarte de Sá, Débora Raquel Soares Guedes Trigueiro, Anne Jaqueline Roque Barrêto, Renata Figueiredo Ramalho

Resumo


Objetivo: analisar as potencialidades e fragilidades da prática de gestores que desenvolvem ações relacionadas ao controle da tuberculose em municípios da região metropolitana de João Pessoa-PB. Método: realizou-se um estudo qualitativo, descritivo-exploratório, entre maio e julho de 2009, com amostra constituída de 8 profissionais. Resultados: evidenciaram que o cenário de atuação para aqueles que desempenham as ações do controle da tuberculose é repleto de controvérsias e de dificuldades que potencializam as fragilidades já existentes. Conclusão: ao observar o desempenho dos atores/gestores visualiza-se desarticulação do serviço, muitas vezes ausência de conhecimento do verdadeiro script de atuação, falta de perfil para entrar em cena e, sobretudo, equipes de saúde figurantes, ou seja, descomprometidas e desqualificadas para viver o papel de protagonista no combate a esse agravo. 

Palavras-chave


Prática profissional, Gestão na saúde, Tuberculose, Atenção primária à saúde

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2014.v6i5.121-130 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

SCImago Institutions Rankings

 

  

 

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.