Manuseio e descarte de perfurocortantes por profissionais de enfermagem de unidade de terapia intensiva The handling and disposal of sharps among nursing staff of an intensive care unit

Alessandra Terra Lapa, Pricilla Del Giudice Dias, Thelma Spindola, Jessica Mello da Silva, Paula Raquel dos Santos, Larissa Pereira Costa

Resumo


Objetivo: Identificar os fatores que expõem os trabalhadores de enfermagem de UTI aos acidentes por perfurocortantes durante a sua manipulação e descarte. Método: Quantitativo, descritivo e exploratório com emprego da técnica de análise documental. Analisada 39 fichas de acidentes com os trabalhadores de enfermagem de quatro UTI nos anos de 2005-2010, de um Hospital Universitário no estado do Rio de Janeiro.  Resultados: Os anos de 2008 e 2009 apresentaram os maiores registros de acidentes. Quanto aos setores, o Centro de Tratamento Intensivo Geral obteve o maior (46%) percentual. Dentre os profissionais que mais se acidentaram, os enfermeiros obtiveram maior (49%) destaque e a agulha foi o material mais (69,2%) envolvido nos acidentes. Conclusão: A implementação de estratégias para diminuir a exposição dos profissionais aos riscos, especialmente medidas que permitam o descarte e armazenamento adequado dos materiais perfurocortantes.

Palavras-chave


Enfermagem do trabalho, Unidades de terapia intensiva, Acidentes ocupacionais, Enfermagem.

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2017.v9i2.387-392 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge
SCImago Institutions Rankings