Autoestima e fatores associados às condições sociais em idosos Self esteem and factors associated with social conditions in the elderly

Saulo Sacramento Meira, Alba Benemérita Alves Vilela, Cezar Augusto Casotti, Doane Martins da Silva

Resumo


Objetivo: avaliar a autoestima e sua associação com as condições sociais em idosos corresidentes no Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais. Métodos: Estudo epidemiológico, tipo inquérito domiciliar de base populacional, realizado com 279 idosos, residentes na zona urbana e rural do município de Salto da Divisa-MG, sem déficit cognitivo segundo critérios do Mini Exame do Estado Mental. Para obter os dados utilizou-se a Escala de Autoestima de Rosenberg e o questionário Brazil Old Age Schedule. Os dados foram tabulados e analisados no SPSS®. Para verificar a associação utilizou-se o teste do qui-quadrado de Pearson (X2), com nível de significância de 5%. Resultados: Quanto a autoestima, 22,9% apresentaram alta, 69,5% normal e 7,5% baixa autoestima. Diferenças significativas foram identificadas entre a autoestima e as variáveis escolaridade (p=0,005) e satisfação com os coabitantes (p=0,048). Conclusão: Na população pesquisada, possuir escolaridade e as relações interpessoais em domicílio se configurou como fatores protetores para a boa autoestima.


Palavras-chave


Envelhecimento; Família; Habitação; Autoimagem; Relação entre gerações

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2017.v9i3.738-744 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge