Religiosity evidence of residents in city south of Minas Gerais / Evidências de religiosidade em residentes de cidade sul mineira

José Vitor da Silva, Elaine Aparecida Rocha Domingues

Resumo


Objetivos: Avaliar a religiosidade e relacionar com ela as características biossociais. Métodos: Trata-se de um estudo de abordagem quantitativa, do tipo descritivo, realizado com 600 pessoas residentes em Itajubá, MG. Foram utilizados dois instrumentos. Resultados: Encontrou-se que 29% dos entrevistados iam uma vez por semana à igreja; 42,5% dedicavam, diariamente, o seu tempo a atividades religiosas individuais; 74% sentiam a presença de Deus em sua vida; 57% mencionaram que as crenças religiosas estavam inseridas em sua maneira de viver; 50,5% se esforçavam muito para viver a sua religião. As mulheres eram mais religiosas do que os homens (RO p<0,004; RNO e RI p<0,001); as pessoas com menos escolaridade, com exceção da RO (p=0,083) eram mais religiosas (RNO p=0,001 e RI p<0,02). As pessoas com prática religiosa tinham maior religiosidade do que aquelas que não praticavam uma determinada religião (p<0,001). Conclusão: Identificaram-se evidências religiosas entre os três tipos de religiosidade.

Palavras-chave


Religião, espiritualidade, cidade, enfermagem

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2018.v10i1.52-61 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.