Teaching work of nursing and the impact on the health-disease process / Trabalho docente de enfermagem e as repercussões no processo saúde-doença

Camila Arantes Ferreira Brecht D'Oliveira, Caroline Muller Almeida, Norma Valéria Dantas de Oliveira Souza, Ariane Pires, Luiz Carlos Veiga Madriaga, Thereza Christina Mó Y Mó Loureiro Varella

Resumo


Objetivo: identificar as facilidades e as dificuldades presentes no trabalho docente de enfermagem; e analisar as repercussões do contexto de trabalho do docente de enfermagem no processo saúde-doença destes trabalhadores. Métodos: pesquisa qualitativa, descritiva e exploratória, desenvolvida numa faculdade pública do Rio de Janeiro. Os sujeitos foram 16 docentes de enfermagem. A coleta dos dados ocorreu de julho a agosto de 2014, utilizando a entrevista semiestruturada. Os dados foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo temática. Resultados: evidenciou-se que há mais situações que dificultam o trabalho docente do que o favorece, e que tais situações complicadoras estão intimamente ligadas a uma política neoliberal. Conclusão: a configuração do trabalho docente repercute negativamente na saúde, resultando em estresse, cansaço e sobrecarga emocional e física. Faz-se necessário que os serviços de saúde do trabalhador desenvolvam ações que neutralizem os efeitos negativos no processo saúde-doença dos docentes.


Palavras-chave


Docentes; enfermagem; trabalho docente; saúde do trabalhado; trabalho docente na enfermagem

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2018.v10i1.196-202 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.