The impact of data inputting in the primary health care information systems related to the individuals and community care / Impacto das ações de alimentação dos sistemas de informação da atenção primária sobre a atenção aos indivíduos e comunidade

Flávia Emília Cavalcante Valença Fernandes, Mayra Cavalcante do Nascimento, Palloma Lopes de Arruda, Rosana Alves de Melo

Resumo


Objetivo: Avaliar a influência das ações de alimentação dos Sistemas de Informação utilizados na Atenção Primária a Saúde (APS) sobre os cuidados de enfermagem ao indivíduo ou comunidade. Método: Pesquisa quantitativa, com enfermeiros da Atenção Primária. Utilizaram-se os testes ANOVA one-way, Kruskal-Wallis e correlação de Spearman com significância de 5% e confiança de 95%. Resultados: A maioria dos enfermeiros era mulher (94,5%), 34,4 anos de idade, 8,8 anos de formação, sendo 7,6 anos atuando na atenção primária, especialista e concursada. Observou-se associação negativa (p-valor = 0,008) entre tempo destinado às atividades de alimentação dos sistemas e o tempo de atenção aos pacientes. Conclusão: O estudo aponta a influência das ações gerenciais voltadas aos sistemas de informação sobre a atenção prestada aos indivíduos/comunidade. 


Palavras-chave


Sistema Único de Saúde; Atenção Primária a Saúde; Sistemas de Informação; Atenção à Saúde

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT

Referências


Ministério da Saúde (Brasil). Política Nacional de Atençao Básica [Internet]. Ministério da Saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2012. 110 p. Available from: http://189.28.128.100/dab/docs/publicacoes/ geral/pnab.pdf 2. Brasil. Decreto no 7.508 de 28 de junho de 2011. Regulamenta a Lei no 8.080, de 19 de setembro de 1990, para dispor sobre a organização do Sistema Único de Saúde - SUS, o planejamento da saúde, a assistência à saúde e a articulação interfederativa, e dá outras pr [Internet]. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 29 2011. Seção 1, p. 1 Brasília; 2011 p. 1–7. Available from: http:// www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/decreto/d7508.htm 3. Oliveira MA de C, Pereira IC. Atributos essenciais da Atenção Primária e a Estratégia Saúde da Família. Rev Bras Enferm [Internet]. 2013;66(esp):158–64. Available from: http://www.scielo.br/scielo. php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672013000700020&lng=en&nr m=iso&tlng=pt 4. Backes DS, Backes MS, Erdmann AL, Buscher A. O papel profissional do enfermeiro no Sistema Único de Saúde: da saúde comunitária à estratégia de saúde da família. Cien Saude Colet [Internet]. 2012;17(1):223–30. Available from: http://www.scielo.br/pdf/csc/ v17n1/a24v17n1.pdf 5. Ferla AA, Ceccim RB, Alba RD. Informação, educação e trabalho em saúde: para além de evidências, inteligência coletiva. Reciis [Internet]. Rio de Janeiro; 2012;6(2). Available from: http://www.reciis.cict. fiocruz.br/index.php/reciis/article/view/620/1081 6. Marin HDF. Sistemas de informação em saúde: considerações gerais. J Heal Informatics [Internet]. 2010;2(1):20–4. Available from: http:// www.jhi-sbis.saude.ws/ojs-jhi/index.php/jhi-sbis/article/view/4 7. Daniel VM, Pereira GV, Macadar MA. Perspectiva Institucional dos Sistemas de Informação em Saúde em dois Estados Brasileiros. Rev Adm Contemp [Internet]. 2014;18(5):650–69. Available from: http://www. scielo.br/pdf/rac/v18n5/1982-7849-rac-18-5-0650.pdf 8. Ministério da Saúde (Brasil). Sistemas de informação da Atenção à Saúde [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção a Saúde; 2015. 166 p. Available from: http://www.escoladesaude.pr.gov. br/arquivos/File/sistemas_informacao_atencao_saude_contextos_ historicos.pdf 9. Ministério da Saúde (Brasil). e-SUS Atenção Básica: MANUAL Manual do Sistema com coleta de dados simplificada - CDS. Brasília: Ministério da Saúde; 2014. p. 124. 10. CNS CN de hoje. Resolução 466 do Comité de Ética. 2012. 11. Lima E de FA, Sousa AI, Primo CC, Leite FMC, Souza MHN de, Maciel EEN. Perfil socioprofissional de trabalhadores de equipes saúde da família. Rev enferm UERJ [Internet]. 2016;24(1):1–5. Available from: http://www.facenf.uerj.br/v24n1/v24n1a19.pdf 12. Freitas GM, Santos NSS. Atuação do enfermeiro na Atenção Básica de Saúde: revisão integrativa de literatura. Rev Enferm do Cent Oeste Min [Internet]. 2014;4(2):1194–203. Available from: http://www.seer.ufsj. edu.br/index.php/recom/article/view/443/754 13. Garuzi M, Achitti MC de O, Sato CA, Rocha SA, Spagnuolo RS. Acolhimento na Estratégia Saúde da Família: revisão integrativa. Rev Panam Salud Publica [Internet]. 2014;35(2):144–9. Available from: http://www.scielosp.org/pdf/rpsp/v35n2/a09v35n2.pdf 14. Mitre SM, Andrade EIG, Cotta RMM. Avanços e desafios do acolhimento na operacionalização e qualificação do Sistema Único de Saúde na Atenção Primária: um resgate da produção bibliográfica do Brasil. Cien Saude Colet [Internet]. 2012;17(8):2071–85. Available from: http://www.portalinclusivo.ce.gov.br/phocadownload/artigosidoso/ avancosedesafiosdoacolhimentonaoperacionalizao.pdf 15. Brasil. Portaria n 3.462. [Internet]. 2010. p. 6–7. Available from: http:// www.brasilsus.com.br/legislacoes/gm/106170-3462.html 16. Souza M, Horta N. Enfermagem em saúde coletiva: teoria e prática. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2012.

Gonçalves LS, Fialek S de A, Castro TC, Wolff LDG. Experiência de Enfermeiros com computadores na Atenção Primária: estudo exploratório. Cogitare Enferm [Internet]. 2016;21(1):1–11. Available from: http://revistas.ufpr.br/cogitare/article/view/43243 18. Tripartite CI. Resolução no 21, de 24 de novembro de 2016. [Internet]. Brasília: Comissão Intergestores Tripartite. Ministério da Saúde; 2016. p. 3–5. Available from: http://www.lex.com.br/legis_27229430_ RESOLUCAO_N_7_DE_24_DE_NOVEMBRO_DE_2016.aspx 19. Ministério da Saúde (Brasil). Política Nacional de Informação e Informática em Saúde - Proposta Versão 2.0. Ministério da Saúde, Bras [Internet]. 2004;0:38. Available from: http://www2.datasus.gov.br/ DATASUS/APRESENTACAO/PoliticaInformacaoSaude29_03_2004.pdf




DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2019.v11i4.862-867 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge