Profile of motorcycle accidents assisted by the Mobile Emergency Service (SAMU) over 2014 and 2015 in a city from the Bahia state / Perfil dos acidentes motociclísticos atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência nos anos de 2014 e 2015 em município baiano

Giselle de Santana Vilasboas Dantas, Marcela Andrade Rios, Jaine Kareny da Silva, Deíze Carvalho Pereira, Elaine de Oliveira Souza Fonseca

Resumo


Objetivo: descrever o perfil dos acidentes motociclísticos atendidos pelo SAMU nos anos de 2014 e 2015 em município baiano, quanto as características da vítima, do atendimento, do evento e das lesões sofridas. Métodos: estudo epidemiológico, descritivo e transversal, com coleta de dados secundários das fichas atendimentos e livros de registros acerca dos acidentes motociclísticos atendidos pelo SAMU de Guanambi- BA, nos anos de 2014 e 2015. Resultados: no período ocorreram, 1.319 acidentes motociclísticos, com homens (71,7%), na faixa etária de 20 a 29 anos (36,1%). Foi observado o subregistro quanto ao uso do capacete e relação com o trabalho. As lesões mais frequentes foram as escoriações em múltiplos locais (61,6%) e ferimento cortocontuso nos membros inferiores (40,8%). Conclusão: Nota-se a necessidade da implementação de medidas educativas, de fiscalização e aprimoramento das políticas de saúde do trânsito vigentes, tendo em vista a redução e prevenção de acidentes.


Palavras-chave


Acidentes de trânsito; Serviços médicos de emergência; Morbimortalidade; Motocicleta.

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT

Referências


Bacchieri G, Barros AJD. Acidentes de trânsito no Brasil de 1998 a 2010: muitas mudanças e poucos resultados. Rev. Saúde Publica. 2011 out; 45(5): 949-63. 2. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Análise de Situação em Saúde. Saúde Brasil 2010: uma análise da situação de saúde e de evidências selecionadas de impacto de ações de vigilância em saúde. Brasília: Ministério da Saúde; 2011.

Cavalcante AKCB, Holanda VM, Rocha CFM, Cavalcante SW, Sousa JPR, Sousa FHR. Perfil dos acidentes de trânsito atendidos por serviço pré-hospitalar móvel [Internet]. Rev. baiana enferm. 2015 abrjun [citado 2017 mai 06]; 29(2): 135-45. Available at: http://www. portalseer.ufba.br/index.php/enfermagem/article/view/12656 4. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Departamento de Análise de Situação de Saúde. Política nacional de redução da morbimortalidade por acidentes e violências: Portaria MS/ GM n.º 737 de 16/5/01, publicada no Diário Oficial da União, n.º 96 seção 1E de 18/5/01. – 2. ed. Brasília; 2005. 5. Zanatta CL, Tokunaga E, Berg F, Weiller JAB, Ramos MCA, Vicente MT et al. Análise dos acidentes de transporte na Região Metropolitana de São Paulo segundo os eixos do Observatório de Saúde. São Paulo: PROAHSA; 2012. 6. World Health Organization. Global status report on road safety 2013: supporting a decade of action. Luxembourg: World Health Organization [Internet]. 2013 [citado 2016 Mar 04]. Available at: http://www.who. int/violence_injury_prevention/road_safety_status/2013/en/index. html 7. Barbosa MQ, Abrantes KSM, Júnior WRS, Casimiro GS, Cavalcanti AL. Acidente motociclístico: caracterização das vítimas socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) [Internet]. Rev. Bras. Ciên. Saúde. 2014 [citado 2017 mai 07]; 18(1):3-10. Available at: http://periodicos.ufpb.br/index.php/rbcs/article/view/12915/11711 8. Golias ARC, Caetano R. Acidentes entre motocicletas: análise dos casos ocorridos no estado do Paraná entre julho de 2010 e junho de 2011. Ciênc saúde coletiva. 2013; 18(5): 1235-46. 9. Brasil. Ministério da Saúde. Departamento de Informática do SUS. Epidemiológicas e morbidade [internet]. 2017 [citado 2017 jun 01]. Available at: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?sih/cnv/ fiuf.def 10. Brasil. Ministério das Cidades. Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN). Frota de veículos [Internet]. Brasília: Denatran; 2016 [citado 2017 jun 09]. Available at: http://www.denatran.gov.br/%20 frota.htm#portal-searchbox 11. Brasil. Ministério da Saúde. Departamento de Informática do SUS. Estatísticas Vitais [internet]. 2017 [citado 2017 jun 01 ]. Available at: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sim/cnv/ext10uf.def 12. Malta DC, Bernal RTI, Mascarenhas MDM, Monteiro RA, Sá NNB, Andrade SSCA et al. Atendimentos por acidentes de transporte em serviços públicos de emergência em 23 capitais e no Distrito Federal - Brasil, 2009. Epidemiol. Serv. Saúde. 2012 mar; 21(1):31-42. 13. Brasil. Portaria MS/GM Nº 1.600, de 07 de julho de 2011. Reformula a Política Nacional de Atenção às Urgências e institui a Rede de Atenção às Urgências no Sistema Único de Saúde (SUS). Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília (DF), 2011 jul 8; seção 1: 69-70. 14. Silva JK da, Rios MA, Amaral TFS, Silva PL da. Perfil dos acidentes de transporte terrestre atendidos pelo serviço de atendimento móvel de urgência. Rev enferm UFPE on line. 2016 jan; 10(1): 9-17. 15. IBGE-Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Estimativa 2016. Cidades. Guanambi- BA [Internet]. [citado 2017 abr 05] Available at: ftp://ftp.ibge.gov.br/Estimativas_de_Populacao/Estimativas_2015/ estimativa_2015_TCU_20160712.pdf 16. Legay LF, Santos SA, Lovisi GM, Aguiar JS, Borges JC, Mesquita RM, et al,. Acidentes de transporte envolvendo motocicletas: perfil epidemiológico das vítimas de três capitais de estados brasileiros, 2007. Epidemiol Serv Saude. 2012 abr-jun; 21(2):283-92. 17. Gomes SL, Santos YA, Dourado SBPB, Coêlho DMM, Moura MEB. Perfil das vítimas de acidentes motociclísticos admitidas nas terapias intensivas de um hospital público [Internet]. Rev. enferm. UFPE on line. 2014 jul [citado 2017 mai 07]; 8(7): 2004-12. Available at: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/ viewFile/9877/10117 18. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas. Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem: princípios e diretrizes. Brasília: Ministério da Saúde, 2009 19. Andrade SSCA, Sá NNB, Carvalho MGO, Lima CM, Silva MMA, Moraes Neto OL et al. Perfil das vítimas de violência e acidentes atendidas em serviços de urgência e emergência selecionados em capitais brasileiras: vigilância de violências e acidentes, 2009. Epidemiol Serv Saude 2012 mar;21(1):21-30.

Sant’Anna FL, Andrade SM, Sant’Anna FHM, Liberatti CLB. Acidentes com motociclistas: comparação entre os anos 1998 e 2010. Londrina, PR, Brasil. Rev Saúde Pública. 2013 ;47(3):607-15. 21. Mascarenhas MDM, Souto RMCV, Malta DC, Silva MMA, Lima CM, Montenegro MMS. Características de motociclistas envolvidos em acidentes de transporte atendidos em serviços públicos de urgência e emergência. Ciênc. saúde coletiva. 2016 dez; 21(2):3661-71 22. Barros MAS, Furtado BMASM, Bonfim CV. Características clínicas e epidemiológicas de motociclistas com trauma crânio-encefálico atendidos em hospital de referência. Rev Enferm UERJ. 2015 jul-ago; 23(4):540-7. 23. Lima MLC, Cesse EAP, Abath MB, Oliveira Júnior FJM. Tendência de mortalidade por acidentes de motocicleta no estado de Pernambuco, no período de 1998 a 2009. Epidemiol Serv Saúde. 2013; 22(3):395-402. 24. Brasil. Ministério das Cidades. Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN). Frota municipal de veículos [Internet]. Brasília: Denatran; 2015 [citado em 2017 mai 07]. Available at: http://cidades. ibge.gov.br/painel/frota.php?lang=&codmun=291170&search=bahia| guanambi|infogr%E1ficos:-frota-municipal-de-ve%EDculos%27 25. Diniz EPH, Pinheiro LC, Proietti FA. Quando e onde se acidentam e morrem os motociclistas em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil. Cad. Saúde Pública. 2015 dez; 31(12):2621-34. 26. Brasil. Lei nº 9.503, de 23 de setembro de 1997 [Internet]. Institui o Código de Trânsito Brasileiro. Diário Oficial da União. 23 set 1997. [citado 2017 Mai 07]. Available at: http://www.planalto.gov.br/ ccivil_03/leis/l9503.htm 27. ABRAMET- Associação Brasileira de Medicina de Tráfego. Noções de Primeiros Socorros no Trânsito [Internet]. São Paulo: ABRAMET- 2005 [citado 2017 Jun 02]. 23 p. Available at: http://www.abramet.com.br/ files/cartillha_primeiros_socorros.pdf 28. Tavares FL, Leite FMC, Lima EFA, Cade NV, Coelho MJ. Homens e acidentes motociclísticos: gravidade dos acidentados a partir do atendimento pré-hospitalar. J. res.: fundam. care. Online. 2016 jan./ mar; 8(1):4004-14. 29. Castro RRM, Ribeiro NF, Andrade AM, Jaques BD. Perfil dos pacientes da enfermaria de ortopedia de um hospital público de Salvador-Bahia. Acta Ortop Bras. 2013;21(4):191-4. 30. Malvestio MAA, Sousa RMC. Indicadores clínicos e pré-hospitalares de sobrevivência no trauma fechado: uma análise multivariada. Rev. esc. enferm. USP [Internet]. 2010 Jun [citado 2017 mai 07]; 44 (2): 352-9. Available at: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_ arttext&pid=S0080-62342010000200016&lng=en. http://dx.doi. org/10.1590/S0080-62342010000200016




DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2019.v11i4.984-991 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge