Epidemiological analysis of candidates for the donation of organs in the states of Ceará, São Paulo and Acre / Análise epidemiológica dos candidatos à doação de órgãos nos estados do Ceará, São Paulo e Acre

Aline Santos Monte, Alana Santos Monte, Larissa Rodrigues de Freitas Lima, Valderlene dos Santos Freire

Resumo


OBJETIVO: Analisar aspectos epidemiológicos de candidatos a doação de órgãos do Ceará, comparando com os estados de melhor e pior desempenho quanto ao transplante. MÉTODOS: Estudo Transversal descritivo com abordagem quantitativa realizado com dados do Registro Brasileiro de Transplantes publicados em 2016. RESULTADOS: O pior e melhor estado em relação às doações de órgãos foram Acre e São Paulo, respectivamente. O número de doadores efetivos por milhão de população no Ceará foi superior ao de São Paulo. A recusa familiar representou a maioria das causas de não concretização dos transplantes nos três estados. O Acidente Vascular Cerebral foi a principal causa de morte em São Paulo e Acre, enquanto no Ceará foi o Traumatismo crânio encefálico. Ceará e Acre apresentaram faixa etária predominante de 18-34 anos. CONCLUSÃO: O desempenho do Ceará quando comparado com os outros estados foi superior em relação a transformação de potenciais doadores em doadores efetivos. 


Palavras-chave


Doadores de Tecidos; Obtenção de Tecidos e Órgãos; Transplante de Órgãos.

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2019.v11i1.207-212 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

Crossref Metadata User Badge