Nursing diagnoses with coronary patients in the light of Calista Roy’s theory / Diagnósticos de enfermagem com pacientes coronariopatas à luz da teoria de Callista Roy

Daniele do Carmo eleto Hamadé Hamadé, Cláudia de Souza Moraes, Carolina Cabral Pereira da Costa, Mônica Oliveira Duarte Martins

Resumo


Objetivo: Identificar os diagnósticos de enfermagem nos pacientes coronariopatas à luz da Teoria da Adaptação de Callista Roy. Métodos: Estudo descritivo, transversal, quantitativo, envolvendo 15 pacientes coronariopatas, no período pré-intervenção hemodinâmica. Desenvolveu-se em um hospital universitário do Rio de Janeiro-RJ, de maio a setembro de 2017. Utilizou-se questionário estruturado de acordo com as cinco necessidades básicas (oxigenação, nutrição, eliminação, atividade e repouso e proteção) e o processo complexo (função neurológica) do modo fisiológico de Callista Roy. Resultados: Foram estabelecidos 10 Diagnósticos de Enfermagem da taxonomia II da NANDA: risco de intolerância a atividade, ansiedade, medo, intolerância a atividade, padrão respiratório ineficaz, mobilidade física prejudicada, deambulação prejudicada, náusea, eliminação urinária prejudicada e diarreia. Conclusão: Conclui-se que o modelo da Adaptação de Callista Roy, propiciou o entendimento da vivência dos pacientes com adoecimento coronariano, mediante uma perspectiva de adaptação. Descritores: Síndrome coronariana aguda, Ajustamento social, Diagnóstico de enfermagem, Cuidados de enfermagem.


Palavras-chave


Síndrome coronariana aguda; ajustamento social; diagnóstico de enfermagem; cuidados de enfermagem

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT

Referências


Maier GSO, Martins EAP. Assistência ao paciente com síndrome coronariana aguda segundo indicadores de qualidade. Rev. Bras. Enferm. [Internet]. 2016 aug; 69(4): 757-764.

Santos ES, Minuzzo L, Pereira MP, Castillo MTC, Palácio MAG, Ramos RF, et al . Registro de síndrome coronariana aguda em um centro de emergências em cardiologia. Arq. Bras. Cardiol. [Internet]. 2006 nov; 87(5): 597-602.

Brasil. Linha de cuidado do infarto agudo do miocárdio: Ministério da Saúde, 2011. Disponível em: http://www.saude.pr.gov.br/arquivos/File/HOSPSUS/protocolo_sindrome_coronariaMS2011pdf201.

Hamm CW, et al. Guidelines for the management of acute coronary syndromes in patients presenting without persistent ST-segment elevation. The Task Force for the management of acute coronary syndromes (ACS) in patients presenting without persistent ST-segment elevation of the European Society of Cardiology (ESC). Eur Heart J [Internet], 2011 Ago. 32(23):2999-3054.

Issa AFC, et al. MAC : Manual de Atualização e Conduta : Síndrome Coronariana Aguda (SCA)/ Coordenadores Antônio Ribeiro Pontes Neto, Olga Ferreira de Souza, Ricardo Mourilhe Rocha. São Paulo: PlanMark, 2015.

Organização Mundial de Saúde. Cuidados inovadores para condições crônicas: componentes estruturais de ação. Relatório mundial. Organização Mundial da Saúde. Brasília, 2003. Disponível em:http://www.who.int/chp/knowledge/publications/icccportuguese.pdf

Oliveira, MF. Enfermagem em laboratório de hemodinâmica: prática clínica de diagnosticar e intervir fundamentada em Callista Roy [dissertação]. Ceará: Universidade Estadual do Ceará; 2009.

Costa CPV, et al. Aplicação da teoria de enfermagem de Callista Roy ao paciente com acidente vascular cerebral. Rev enferm. UFPE [on line], Recife, jan 2016; 10(1):352-60.

Roy C. The Roy adaptation model. Third edition. Upper Saddle River, 553 p. New Jersey: Pearson, 2009.

Medeiros LP, et al. Modelo de Adaptação de Roy: revisão integrativa dos estudos realizados à luz da teoria. Rev. Rene. Rio Grande do Norte, jan/fev 2015; 16(1):132-40.

Krauzer IM, Brocardo D, Scarsi T. A metodologia de Callista Roy aplicada em clientes submetidos à intervenção hemodinâmica. Rev. Enferm. UFSM. 2011 mai/ago; 1(2):183-193.

Moura DJM, Freitas MC, Guedes MVC, Lopes MVO. Problemas adaptativos segundo Roy e diagnósticos fundamentados na CIPE® em hipertensos com doenças associadas. Rev. Eletr. Enf. [Internet]. 2013 abr/jun;15(2):352-61.

Resolução n° 466 do Conselho Nacional de Saúde, de 12 de dezembro de 2012 (BR). Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Diário Oficial da União. 12 dez 2012. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html.

Barbosa MH, Tavares JL, Andrade EV, Silva QCG, Diniz MA, Resende LAR, et al. Aspectos clínicos e epidemiológicos dos clientes submetidos à cineangiocoronariografia. Rev. Min. Enferm. 2011 jan./mar; 15(1):42-46.

Leão AMOS, Vilagra MM. Perfil dos Pacientes Submetidos à Intervenção Coronariana Percutânea no Serviço de Hemodinâmica do Hospital Universitário Sul Fluminense, Vassouras – RJ. Revista de Saúde, Vassouras. 2012 jan/jun; 3(1):27-32.

Souza SM, Bernardino E, Vicelli RMM, Kalinowski CE. Perfil de pacientes submetidos ao cateterismo cardíaco: subsídio para prevenção de fatores de risco cardiovascular. Cogitare Enferm. 2014 abr/jun; 19(2):304-8.

kuhn OT, Bueno JFB, Loro MM, Kolankiewicz ACB, rosanelli CLSP, Winkelmann ER. Perfil dos pacientes submetidos a cateterismo cardíaco e angioplastia em um hospital geral. Revista Contexto & Saúde. Ed unijuí. 2015 jul/dez; 15(29):4-14.

DATASUS [Internet]. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2017 [acesso em: 01 ago 2017]. Disponível em: http://www.datasus.gov.br.

Lopes MACQ, et al. Comparação do perfil epidemiológico, clínico e dos resultados das inter¬venções coronárias percutâneas entre os gêneros masculino e feminino, na população brasileira: da¬dos do registro. Revista Brasileira de Cardiologia Invasiva. 2008 dez; 16(4).

Chagas ACP, et al. Saúde cardiovascular do homem brasileiro: visão da sociedade brasileira de cardiologia. Rio de Janeiro, 2009.

Brasil. Sociedade Brasileira de Cardiologia: V Diretriz da Sociedade Brasileira de Cardiologia. 2015 ago; 105, (2), Supl. 1.

Rocha LA, Maia TF, Silva LF. Diagnósticos de enfermagem em pacientes submetidos à cirurgia cardíaca. Rev Bras Enferm. 2006 maio/jun; 59(3): 321-6.

Rocha LM, Maia TF, Silva LF. Diagnósticos de enfermagem em pacientes

submetidos à cirurgia cardíaca. Revista Brasileira de Enfermagem. 2006 maio; 59(3).

Freitas MC, Oliveira MF. Assistência de enfermagem a idosos que realizam cateterismo cardíaco: uma proposta a partir do Modelo de Adaptação de Calista Roy. Rev Bras Enferm. 2006 set/out; 59(5): 642-6.




DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.rpcfo.v12.7137 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2020 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge
SCImago Institutions Rankings