Care bundle for both prevention and control of hospital-acquired infection in adult emergency service / Bundle de cuidados para a prevenção e o controle de infecção hospitalar em serviço de emergência adulto

Juliana Krum Cardoso da Silva, Eliane Matos, Sabrina da Silva de Souza

Resumo


Objetivo: Elaborar um bundle de cuidados para a prevenção e o controle das infecções hospitalares em unidade de emergência, com base no conhecimento e prática dos profissionais de saúde e nas evidências científicas disponíveis na literatura. Método: Pesquisa convergente assistencial, realizada em um serviço de emergência adulto de um hospital geral universitário localizado em uma capital do Sul do Brasil com aplicação de um Survey para 52 trabalhadores da equipe multiprofissional e posterior discussão em grupos “Aqui e Agora”.Foi aprovado pelo CEPSH/UFSC com CAAE: 56390616.0.0000.0121. Resultados: Emergiram três aspectos mais significativos que compuseram o bundle de cuidados: higienização das mãos; uso de equipamentos de proteção individual; e assepsia de materiais e equipamentos. Conclusão: a utilização do bundle permite informar, orientar, melhorar hábitos e relembrar a equipe de saúde sobre a necessidade de aderir a atitudes que tornem o cuidado realizado mais qualificado e seguro, tanto para o paciente, quanto para o profissional.


Palavras-chave


Infecção hospitalar, Precauções universais, Emergência

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT

Referências


Subramanian P, Allcock N, James V, Lathlean J. The Perception of Nurses and Doctors on a Care Bundle Guideline for Management of Pain in Critical Care. Aquichan [Internet]. 2013;13(3):336 – 346. [citado em 5 jan. 2017]. Disponível em: file:///C:/Users/Juliana/ Downloads/Dialnet-ThePerceptionOfNursesAndDoctorsOnACareBundleGuidel-4955978. pdf.

da Silva SG, do Nascimento ERP, de Salles RK. Bundle de prevenção da pneumonia associada à ventilação mecânica: uma construção coletiva. Texto Contexto Enferm [Internet]. 2012 out/dez;21(4):837 – 844. [citado em 5 jan. 2017]. Disponível em: http://www.redalyc.org/ articulo.oa?id=71425249014.

Brachine JDP, Peterlini MAS, da Luz Gonçalves Pedreira M. Método bundle na redução de infecção de corrente sanguínea relacionada a cateteres centrais: revisão integrativa. Rev Gaúcha Enferm [Internet]. 2012;33(4):200 – 2010. [citado em 5 jan. 2017]. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472012000400025.

Padoveze MC, Fortaleza CMCB. Infecções relacionadas à assistência à saúde: desafios para a saúde pública no Brasil. Rev Saúde Pública [Internet]. 2014;48(6):995 – 1001. [citado em 21 jan. 2017]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v48n6/ pt_0034-8910-rsp-48-6-0995.pdf.

Oliveira AC, Paula AO, Iquiapaza RA, de Souza Lacerda AC. Infecções relacionadas à assistência em saúde e gravidade clínica em uma unidade de terapia intensiva. Rev Gaúcha Enferm [Internet]. 2012;33(3):89 – 96. [citado em 10 jan. 2017]. Disponível em: http: //seer.ufrgs.br/RevistaGauchadeEnfermagem/article/view/25068.

Resar R, Griffin FA, Haraden C, Nolan TW. Using Care Bundles to Improve Health Care Quality. IHI Innovation Series white paper. Cambridge, Massachusetts: Institute for Healthcare Improvement [Internet]; 2012. Disponível em: www.IHI.org

Trentini M, Paim L, da Silva DMGV. Pesquisa Convergente Assistencial: Delineamento provocador de mudanças nas práticas de saúde. 3rd ed. Florianópolis: Moriá; 2014.

Gonçalves LHT, Schier J. “Grupo aqui e agora”- uma tecnologia leve de ação sócio-educativa de enfermagem. Texto Contexto Enferm [Internet]. 2005;14(2):271 – 279. [citado em 18 jul. 2016]. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/tce/v14n2/a16v14n2.pdf.

Galvão CM. Níveis de evidência. Acta Paul Enferm [Internet]. 2006;19(2):5 – 5. [citado em 20 jan. 2017]. Disponível em: http://www.scielo.br/scieloOrg/php/articleXML.php?lang= en&pid=S0103-21002006000200001.

BRASIL. Resolução nº 510, de 07 de abril de 2016. Dispõe o dispõe sobre as normas aplicáveis a pesquisas em Ciências Humanas e Sociais cujos procedimentos metodológicos envolvam a utilização de dados diretamente obtidos com os participantes ou de informações identificáveis ou que possam acarretar riscos maiores do que os existentes na vida cotidiana. 2016;p. 1 – 10. [citado em 20 out. 2016]. Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/ resolucoes/2016/Reso510.pdf.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. SAVE LIVES Clean Your Hands. Hand Hygiene in Outpatient and Home-based Care and Long-term Care Facilities - A Guide to the Application of the WHO Multimodal Hand Hygiene Improvement Strategy and the “My Five Moments for Hand Hygiene” Approach;p. 1 – 73. [citado em 10 jan. 2017]. Disponível em: http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/78060/1/9789241503372_eng.pdf?ua= 1.

Lowery-North DW, Hertzberg VS, Elon L, Cotsonis G, Hilton SA, II CFV, Eric Hill E, Shrestha A, Jo A, Adams N. Measuring Social Contacts in the Emergency Department. PLos ONe [Internet]. 2013 aug;8(8):1 – 9. [citado em 10 jan. 2017]. Disponível em: http://journals.plos.org/plosone/article?id= 10.1371/journal.pone.0070854.

Hesitation and error: Does product placement in an emergency department influence hand hygiene performance? Am j infect control [Internet]. 2015 sep;43(9):913 – 916. [citado em 10 jan. 2017]. Disponível em: http://www.ajicjournal.org/article/S0196-6553(15) 00465-4/abstract.

Hand hygiene in the emergency department: degree of compliance, predictors and change over time. Emergencias [Internet]. 2012;24:107 – 112. [citado em 05 jul 2017]. Disponível em: file:///C:/Users/Juliana/Downloads/Emergencias-2012_24_2_107-12_eng(3).pdf.

FACULDADE DE MEDICINA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Guia de utilização de anti-infecciosos e recomendações para prevenção de infecções hospitalares. 2012;[citado em 24 out. 2016]. Disponível em: http://www.sbp.com.br/pdfs/Anti-Infecciosos_Infec_ Hospitalar.pdf.

BRASIL Ministério da Saúde. Equipamento de Proteção Individual (EPI) na Prevenção do Risco Biológico e Químico na Área da Saúde. Comissão de Controle de Infecção Hospitalar. 2010;p. 1 – 2. [citado em 24 out. 2016]. Disponível em: http://www.hgb.rj.saude.gov.br/ ccih.

Chau J, Thompson DR, Twinn S, Lee D, Pang SW. An evaluation of hospital hand hygiene practice and glove use in Hong Kong. J Clin Nurs [Internet]. 2011 mai;20(9-10):1319 – 1328. [citado em 5 jan. 2017]. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21492278.

Oliveira AC, Silva MDM. Caracterização epidemiológica dos microrganismos presentes em jalecos dos profissionais de saúde. Rev Eletr Enf [Internet]. 2013 jan/mar;15(1):80 – 87. [citado em 15 jan. 2017]. Disponível em: https: //www.fen.ufg.br/fen_revista/v15/n1/pdf/v15n1a09.pdf.

Nichol K, McGeer A, Bigelow P, O’Brien-Pallas L, Scott J, Holness L. Behind the mask: Determinants of nurse’s adherence to facial protective equipment. Am j infect control [Internet]. 2013 jan;41(1):8 – 13. [citado em 5 jan. 2017]. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0196655312001046.

Ambrosch A, Rockmann F. Effect of two-step hygiene management on the prevention of nosocomial influenza in a season with high influenza activity. J Hosp Infect [Internet]. 2016 out;94(2):143 – 149. [citado em 21 jan. 2017]. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0195670116302559.

WORLD HEALTH ORGANIZATION. WHO Guidelines on Hand Hygiene in Health Care - First Global Patient Safety Challenge Clean Care is Safer Care. 2009;[citado em 10 jan. 2017]. Disponível em: http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/44102/1/9789241597906_ eng.pdf.

Valim MD. Adaptação cultural e validação do “Questionnaires for knowledge and Compliance with Standard Precaution” para enfermeiros brasileiros [Escola de Enfermagem 15 de Ribeirão Preto]. Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto; 2014. [citado em 20 jan. 2017]. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/22/22132/ tde-09012015-114413/en.php.

Holland MG, Cawthon D. Personal Protective Equipment and Decontamination of Adults and Children. Emerg med clin North Am [Internet]. 2015 fev;33(1):51 – 68. [citado em 25 jan. 2017]. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0733862714000765?via=ihub.

Bezerra ALQ, Queiroz ES, Weber J, Munari DB. O processo de educação continuada na visão de enfermeiros de um hospital universitário. Rev eletrônica enferm [Internet]. 2012 jul/set;14(3):618 – 625. [citado em 15 jan. 2017]. Disponível em: https://www.fen.ufg.br/fen_revista/v14/n3/pdf/v14n3a19.pdf.

Peretz A, Koiefman A, Dinisman E, Brodsky D, Labay K. Do wheelchairs spread pathogenic bacteria within hospital walls? World J Microbiol Biotechnol [Internet]. 2014 fev;30(2):385 – 387. [citado em 5 jan. 2017]. In: PubMed; PMID 23933808.

Frazee BW, Fahimi J, Lambert L, Nagdev A. Emergency Department Ultrasonographic Probe Contamination and Experimental Model of Probe Disinfection. Ann Emerg Med. 2011 jul;58(1):56 – 63. [acesso em 5 jan. 2017]. In: PubMed; PMID 21256624.

Wang J, Wang M, Huang Y, Zhu M, Wang Y, Zhuo J, Lu X. Colonization pressure adjusted by degree of environmental contamination: A better indicator for predicting methicillin-resistant Staphylococcus aureus acquisition. Am j infect control [Internet]. 2011 nov;39(9):763 – 769. [citado em 10 jan. 2017]. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0196655311000988.

Grewal H, Varshney K, Thomas C, Kok J, Kok J. Blood pressure cuffs as a vector for transmission of multi-resistant organisms: Colonisation rates and effects of disinfection. Emerg med Australas. 2013 jun;25(3):222 – 226.




DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.rpcfo.v12.7192 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2020 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge

SCImago Institutions Rankings