CIDADANIA E O CUIDADO DE ENFERMAGEM AOS PORTADORES DE DOENÇA DE ALZHEIMER

Autores

  • Enedina Soares Soares Escola de Enfermagem Alfredo Pinto /UNIRIO
  • Aline Miranda Fonseca UNIRIO

DOI:

https://doi.org/10.9789/2175-5361.2009.v1i1.%25p

Palavras-chave:

enfermagem, gerontologia e Alzheimer

Resumo

Introdução: A doença de Alzheimer é uma patologia neurodegenerativa progressiva integrante do grupo das mais importantes doenças comuns em idosos. Ela está relacionada com o declínio progressivo funcional e à perda gradual da autonomia, o que ocasiona aos indivíduos afetados dependência total de outras pessoas. Por isso, objetivamos neste estudo ressaltar alguns aspectos legais recentemente instituídos em favor do idoso e a assistência prestada ao portador de doença de Alzheimer e a sua família. Método: qualitativo. Resultados e Discussão:Consideramos essencial que o enfermeiro incorpore em sua formação a perspectiva dos direitos humanos para que possibilite aos sujeitos sociais a efetiva aquisição desses direitos. Considerações Finais: Entendemos que o compromisso e o exercício da cidadania devem perpassar o processo de formação do enfermeiro como, também, a efetivação destes em sua prática diária profissional. Descritores: Alzheimer; cidadania; direitos humanos; enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Enedina Soares Soares, Escola de Enfermagem Alfredo Pinto /UNIRIO

Profa. Aposentada da Universidade Federal do Etsado do Rio de Janeiro

Aline Miranda Fonseca, UNIRIO

Enfermeria. Mestranda da EEAP/UNIRIO

Downloads

Publicado

2009-05-01

Como Citar

1.
Soares ES, Fonseca AM. CIDADANIA E O CUIDADO DE ENFERMAGEM AOS PORTADORES DE DOENÇA DE ALZHEIMER. Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) [Internet]. 1º de maio de 2009 [citado 23º de julho de 2024];1(1). Disponível em: https://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/278

Edição

Seção

Artigo Original

Plum Analytics