Light, camera, tuberculosis: professional actors, supporting weaknesses or vice versa?

Autores

  • Janaína Von Söhsten Trigueiro UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE
  • Jordana de Almeida Nogueira
  • Lenilde Duarte de Sá
  • Débora Raquel Soares Guedes Trigueiro
  • Anne Jaqueline Roque Barrêto
  • Renata Figueiredo Ramalho

DOI:

https://doi.org/10.9789/2175-5361.2014.v6i5.121-130

Palavras-chave:

Prática profissional, Gestão na saúde, Tuberculose, Atenção primária à saúde

Resumo

Objetivo: analisar as potencialidades e fragilidades da prática de gestores que desenvolvem ações relacionadas ao controle da tuberculose em municípios da região metropolitana de João Pessoa-PB. Método: realizou-se um estudo qualitativo, descritivo-exploratório, entre maio e julho de 2009, com amostra constituída de 8 profissionais. Resultados: evidenciaram que o cenário de atuação para aqueles que desempenham as ações do controle da tuberculose é repleto de controvérsias e de dificuldades que potencializam as fragilidades já existentes. Conclusão: ao observar o desempenho dos atores/gestores visualiza-se desarticulação do serviço, muitas vezes ausência de conhecimento do verdadeiro script de atuação, falta de perfil para entrar em cena e, sobretudo, equipes de saúde figurantes, ou seja, descomprometidas e desqualificadas para viver o papel de protagonista no combate a esse agravo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2014-12-01

Como Citar

1.
Trigueiro JVS, Nogueira J de A, Sá LD de, Trigueiro DRSG, Barrêto AJR, Ramalho RF. Light, camera, tuberculosis: professional actors, supporting weaknesses or vice versa?. Rev. Pesqui. (Univ. Fed. Estado Rio J., Online) [Internet]. 1º de dezembro de 2014 [citado 15º de junho de 2024];6(5):121-30. Disponível em: https://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/4499

Edição

Seção

Artigo Original

Plum Analytics