High rate of depression in patients with chronic hepatitis C / Taxa elevada de depressão em pacientes com hepatite C crônica

Main Article Content

Max Kopti Fakoury
https://orcid.org/0000-0002-7003-9942
Catherine da Cal Valdez Ximenes
https://orcid.org/0000-0001-9859-6233
Marcia Amendola Pires
Aureo Carmo Filho
https://orcid.org/0000-0001-6599-4358
Alan Messala A. Brito
https://orcid.org/0000-0002-3871-8064
Carlos Eduardo Brandão Mello

Resumo

Objetivos: descrever a frequência de depressão em pacientes com hepatite C (HCV) e relacionar com as variáveis biológicas e função hepática. Métodos: estudo transversal, descritivo, de abordagem quantitativa, que avaliou a depressão utilizando os critérios do Manual de diagnóstico e estatístico de transtornos mentais (DSM-V) e a associação com as variáveis biológicas e de função hepática em 85 pacientes com HCV crônica indicados para a terapia antiviral de ação direta (DAA) entre maio de 2018 e 2019. Resultados: detectou-se depressão em 47,1% dos pacientes, predominantemente depressão leve (95%). Entretanto a depressão ocorreu de forma independente das características biológicas, como sexo, idade, escolaridade, comorbidades associadas e da função hepática, como grau de fibrose e genótipo viral. Conclusões: a frequência de depressão foi alta em pacientes com HCV e não teve relação estatística com as características biológicas e função hepática, sugerindo a busca ativa da depressão como estratégia na condução destes pacientes.




 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Fakoury MK, Ximenes C da CV, Pires MA, Filho AC, Brito AMA, Mello CEB. High rate of depression in patients with chronic hepatitis C / Taxa elevada de depressão em pacientes com hepatite C crônica. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 27º de outubro de 2021 [citado 25º de janeiro de 2022];13:1442-6. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/11384
Seção
Research
Biografia do Autor

Max Kopti Fakoury, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO)

Médico. Professor de Clínica Médica e Geriatria do Departamento de Medicina Geral da Universidade Federtal do estado do Rio de Janeiro - UNIRIO

Catherine da Cal Valdez Ximenes, UNIRIO

Mestre pelo Programa de Pós-graduação em HIV/AIDS e Hepatites Virais, PPGHIV/HV-UNIRIO, Universidade Federal do estado do Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Marcia Amendola Pires, UNIRIO

Programa de Pós-graduação de Neurologia, Departamento de Neurologia, PPGNEURO -UNIRIO, Universidade Federal do estado do Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Aureo Carmo Filho , UNIRIO

Programa de Pós-graduação de Neurologia, Departamento de Neurologia, PPGNEURO -UNIRIO, Universidade Federal do estado do Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Alan Messala A. Brito, UNIRIO

Programa de Oncovirologia do Instituto Nacional do Câncer, INCA, RJ, Brasil

Divisão de enfermagem, Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Departamento de Genética, Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil

Carlos Eduardo Brandão Mello, UNIRIO

Departamento de Medicina Interna, Hospital Universitário Gaffrée e Guinle, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Programa de Pós-graduação de Neurologia, Departamento de Neurologia, PPGNEURO -UNIRIO, Universidade Federal do estado do Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Programa de Pós-graduação em HIV/AIDS e Hepatites Virais, PPGHIV/HV-UNIRIO, Universidade Federal do estado do Rio de Janeiro, RJ, Brasil

Plum Analytics

Referências

REFERÊNCIAS

PCDT hepatites virais 2019. http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2017/protocolo-clinico-e-diretrizes-terapeuticas-para-hepatite-c-e-coinfeccoes. Accessed May 3, 2021.

Boletim Epidemiológico de Hepatites Virais 2020. http://www.aids.gov.br/pt-br/pub/2020/boletim-epidemiologico-hepatites-virais-2020. Accessed May 3, 2021.

Brasil. 342/2018 n. 13, de 13 de março, de 2018. Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas para Hepatite C e Coinfecções. http://www.aids.gov.br. Accessed May 3, 2021.

Mental Health Atlas 2017. Genebra: World Health Organization (WHO), 2017. https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/272735/9789241514019-eng.pdf. Accessed August 12, 2021.

Adinolfi LE, Nevola R, Rinaldi L, Romano C, Giordano M. Chronic Hepatitis C Virus Infection and Depression. Clinics in Liver Disease, 2017; 21(3):517-534. https://doi.org/10.1016/j.cld.2017.03.007.

Younossi ZM, Stepanova M, Henry L, Nader F, Younossi Y, Hunt S. Adherence to treatment of chronic hepatitis C: from interferon containing regimens to interferon and ribavirin free regimens. Medicine 2016; 95(28): e 4151.

Ho SB, Brau N, Cheung R, Liu L, Sanchez C, Sklar M, et al. Integrated care increases treatment and improves outcomes of patients with chronic hepatitis C virus infection and psychiatric illness or substance abuse. Clin Gastroenterol Hepatol 2015;13(11):2005-2014 (e1-3).

Egmond E, Mariño Z, Navines R, Oriolo G, Pla A, Bartres C, et al. Incidence of depression in patients with hepatitis C treated with direct-acting antivirals. Brazilian J Psychiatry. 2020;42(1):72–6.

Barreira DP, Marinho RT, Bicho M, Fialho R, Ouakinin SRS. Psychosocial and neurocognitive factors associated with hepatitis C - implications for future health and wellbeing. Front Psychol. 2019;9(JAN):1–6.

Fakoury MK, Pires MM, Ximenes CC V., Mello CEB. Frequência de Comprometimento Cognitivo em Pacientes com Hepatite C Crônica em um Hospital Universitário do Rio de Janeiro - Brasil. Cad Bras Med. 2020;1(4):60–5.

Yarlott L, Heald E, Forton D. Hepatitis C vírus infection, and neurological and psychiatric disorders – A review. J Adv Res. 2017 Mar, 8(2): 139-148. Published online 2016 Sep 19. doi: 10.1016/j.jare.2016.09.005

PMCID: PMC5272938

Abrantes, J.; Torres, D. S.; Mello, C. E. B. –. The Many Difficulties and Subtleties in the Cognitive Assessment of Chronic Hepatitis C Infection. International Journal Of Hepatology, Rio de Janeiro, v. 2020, p. 1-7, 19 mar. 2020. Hindawi Limited. http://dx.doi.org/10.1155/2020/9675235. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7106929/. Accessed May 12, 2021.

Stanculete MF. Neurocognitive Impairments and Depression and Their Relationship to Hepatitis C Virus Infection. In: IntechOpen, editor. Liver Research and Clinical Management [Internet]. 2018. p. 203–18. DOI: 10.5772/intechopen.74054

Strahan, O. Viral Hepatitis C Associated Neurocognitive Dysfunction in Ireland in the Direct Acting Antiviral (DAA) Era, Trinity College Dublin.School of Psychology, 2020

American Psychiatric Association. DSM-5 - Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais. 5ª. ed. Porto Alegre: Artmed; 2014.

Gascon, M. R. P.; et al. Cognitive assessment in patients with Hepatitis C submitted to treatment with Sofosbuvir and Simeprevir or Daclatasvir. Arquivos de Neuro-Psiquiatria, [S.L.], v. 78, n. 6, p. 342-348, jun. 2020.

Nunes, W.A.; et al. Cognição, funcionalidade e indicativo de depressão entre idosos. Rev. Rene. 2016 jan-fev; 17(1):103-11. Disponível em: http://www.periodicos.ufc.br/rene/article/view/2621/2008. Accessed August 12, 2021.

SOUTO, E P. Percepção da disponibilidade do capital social e sua associação com os transtornos mentais comuns e depressão: resultados do ELSA-Brasil. 2018. 103 f. Tese (Doutorado em Epidemiologia em Saúde Pública) - Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 2018.

Lopes CS, Hellwig N, Silva GA, Menezes PR. Inequities in access to depression treatment: results of the Brazilian National Health Survey - PNS. Int J Equity Health 2016; 15:154.

WHO. Hepatitis C [Internet]. WHO. 2020 [cited 2021 Apr 7]. Available from: https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/hepatitis-c. Accessed August 12, 2021.

World Health Organization (WHO. Guidelines for the screening, care and treatment of persons with chronic hepatitis C infection. Updated version. Geneva: WHO, 2016. Accessed August 12, 2021.

IBGE, Brasil: Pesquisa nacional de saúde: 2019; informações sobre domicílios, acesso e utilização dos serviços de saúde: Brasil, grandes regiões e unidades da federação / IBGE, Coordenação de Trabalho e Rendimento. - Rio de Janeiro: IBGE, 2020. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv101748.pdf. Acesso em 02/09/2021

European Association for the Study of the Liver. EASL recommendations on treatment of hepatitis C 2018. J Hepatol Apr 9, 2018.