Common mental disorders among health workers: integrative review / Transtornos mentais comuns entre trabalhadores da saúde: revisão integrativa

Main Article Content

Kayo Henrique Jardel Feitosa Sousa
http://orcid.org/0000-0002-0901-7752
Gisele Massante Peixoto Tracera
http://orcid.org/0000-0001-9896-9191
Katerine Moraes dos Santos
http://orcid.org/0000-0002-2064-5207
Flaviana Pereira Bastos Nascimento
http://orcid.org/0000-0001-7766-5463
Rachel Ferreira Savary Figueiró
http://orcid.org/0000-0003-1470-7616
Regina Célia Gollner Zeitoune
http://orcid.org/0000-0002-0276-8166

Resumo

Objetivos: identificar e discutir as variáveis associadas à presença de Transtornos Mentais Comuns entre trabalhadores da saúde e classificar o nível de evidência com vistas à saúde do trabalhador. Método: revisão integrativa de estudos publicados nas bases de dados LILACS, PubMed e CINAHL, entre os anos 2011 e 2015. A busca e seleção foram realizadas por dois revisores independentes. Resultados: as variáveis associadas aos Transtornos Mentais Comuns entre trabalhadores da saúde diziam respeito às características pessoais, laborais e aos hábitos de vida e condições de saúde. A análise permitiu identificar que, dos 10 selecionados, seis associam a variável características sociodemográficas ao Transtornos Mentais Comuns. Nove estudos associam este transtorno às variáveis laborais, enquanto três, aos hábitos de vida e condições de saúde. Conclusão: o conhecimento destes resultados é útil como subsídio para o gerenciamento do processo de trabalho em saúde minimizando o impacto do trabalho sobre a saúde do trabalhador.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Sousa KHJF, Tracera GMP, dos Santos KM, Nascimento FPB, Figueiró RFS, Zeitoune RCG. Common mental disorders among health workers: integrative review / Transtornos mentais comuns entre trabalhadores da saúde: revisão integrativa. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 1º de junho de 2021 [citado 24º de janeiro de 2022];13:268-75. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/8503
Seção
Integrative Review of the Literature
Biografia do Autor

Kayo Henrique Jardel Feitosa Sousa, Escola de Enfermagem Anna Nery, UFRJ.

Enfermeiro, Mestre em Enfermagem, Doutorando do Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Escola de Enfermagem Anna Nery, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro – RJ – Brasil.

Gisele Massante Peixoto Tracera, Escola de Enfermagem Anna Nery, UFRJ.

Enfermeira, Mestre em Saúde Coletiva, Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Escola de Enfermagem Anna Nery, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro – RJ – Brasil.

Katerine Moraes dos Santos, Escola de Enfermagem Anna Nery, UFRJ.

Enfermeira, Mestre em Enfermagem, Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Escola de Enfermagem Anna Nery, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro – RJ – Brasil.

Flaviana Pereira Bastos Nascimento, Escola de Enfermagem Anna Nery, UFRJ.

Enfermeira, Mestre em Enfermagem, Doutorando do Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Escola de Enfermagem Anna Nery, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro – RJ – Brasil.

Rachel Ferreira Savary Figueiró, Escola de Enfermagem Anna Nery UFRJ.

Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professora Adjunta da Escola de Enfermagem Anna Nery, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro – RJ – Brasil.

Regina Célia Gollner Zeitoune, Escola de Enfermagem Anna Nery, UFRJ.

Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professora Titular da Escola de Enfermagem Anna Nery, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro – RJ – Brasil.

Plum Analytics

Referências

Antunes R, Praun L. A sociedade dos adoecimentos no trabalho. Serv soc soc. 2015 [Accessed 2018 Dec 15];123:407-27. http://dx.doi.org/10.1590/0101-6628.030

Pina JA, Stotz EN. Intensificação do trabalho e saúde do trabalhador: uma abordagem teórica. Rev bras saúde ocup. 2014 [Accessed 2018 Dec 15];39(130):150-60. http://dx.doi.org/10.1590/0303-7657000074913

Rosado IVM, Russo GHA, Maia EMC. Produzir saúde suscita adoecimento? As contradições do trabalho em hospitais públicos de urgência e emergência. Ciênc Saúde Colet. 2015 [Accessed 2018 Dec 15];20(10):3021-32. http://doi.org/10.1590/1413-812320152010.13202014

Santos AS, Monteiro JK, Dilélio AS, Sobrosa GMR, Borowski SBV. Contexto hospitalar público e privado: impacto no adoecimento mental de trabalhadores da saúde. Trab educ saúde. 2017 [Accessed 2018 Dec 15];15(2):421-438. http://dx.doi.org/10.1590/1981-7746-sol00054

Marconato CS, Magnago ACS, Magnago TSBS, Dalmolin GL, Andolhe R, Tavares JP. Prevalência e fatores associados aos distúrbios psíquicos menores em trabalhadores do serviço hospitalar de limpeza. Rev Esc Enferm USP. 2017 [Accessed 2018 Dec 15];51:e03239. http://dx.doi.org/10.1590/s1980-220x2016026303239

Santos AMVS, Lima CA, Messias RB, Costa FM, Brito MFSF. Common mental disorders: prevalence and associated factors among community health agents. Cad saúde colet. 2017 [Accessed 2018 Dec 15];25(2):160-168. http://dx.doi.org/10.1590/1414-462x201700020031

Silva JLL, Moreno RF, Soares RS, Almeida JA, Daher DV, Teixeira ER. Common mental disorders prevalence among maritime workers of Rio de Janeiro. J Res Fundam Care Online. 2017[Accessed 2018 Dec 15];9(3):676-681. http://dx.doi.org/10.1590/1414-462x201700020031

Albuquerque DR, Araújo MRM. Precarização do trabalho e prevalência de transtornos mentais em agentes penitenciários do estado de Sergipe. Rev Psicol Saúde. 2018[Accessed 2019 Jan 13];10(1):19-30. http://dx.doi.org/10.20435/v10i1.456

Graner KM, Moraes ABA, Torres AR, Lima MCP, Rolim GS, Ramos-Cerqueira ATA. Prevalence and correlates of common mental disorders among dental students in Brazil. PLos One. 2018[Accessed 2019 Jan 15]; 13(9). http://dx.doi.org/10.1371/journal.pone.0204558

Alves AP, Pedrosa LAK, Coimbra MAR, Miranzi MAS, Hass VJ. Prevalência de transtornos mentais comuns entre profissionais da saúde. Rev enferm UERJ. 2015 [ Accessed 2018 Dec 15];23(1):64-9. http://dx.doi.org/10.12957/reuerj.2015.8150

Rabelo LDBC, Silva JMA, Lima MEA. Trabalho e adoecimento psicossomático: reflexões sobre o problema do nexo causal. Psicol ciênc prof. 2018 [ Accessed 2018 Dec 15];38(1):116-128. https://dx.doi.org/10.1590/1982-3703000932017

Souto BLC, Beck CLC, Trindade LR, Silva RM, Backes DS, Bastos RA. O trabalho docente em pós-graduação: prazer e sofrimento. Rev enferm UFSM. 2017 [ Accessed 2018 Dec 15];7(1):29-39. http://dx.doi.org/10.5902/2179769222871

Urbanetto JS, Magalhães MCD, Maciel VO, Sant’Anna VM, Gustavo AS, Poli-de-Figueiredo CE, et al. Work-related stress according to the demand-control model and minor psychic disorders in nursing workers. Rev Esc Enferm USP. 2013 [Accessed 2019 Jan 15];47(3):1186-93. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420130000500024

Ruitemburg MM, Frings-Dresen MHW, Sluiter JK. The prevalence of common mental disorders among hospital physicians and their association with self-reported work ability: a cross-sectional study. BMC health serv res (Online). 2012 [Accessed 2019 Jan 15];12:292-8. http://doi.org/10.1186/1472-6963-12-292

Bergström G, L Lohela-Karlsson, Kwak L, L Bodin, Jensen I, Torgén M, Nybergh L.

Preventing sickness absenteeism among employees with common mental disorders or stress-related symptoms at work: Design of a cluster randomized controlled trial of a problem-solving based intervention versus care-as-usual conducted at the Occupational Health Services. BMC public health (Online). 2017 [Accessed 2018 Dec 15];17(1):436. http://dx.doi.org/10.1186/s12889-017-4329-1

Ercole FF, Melo LS, Aalcoforado CLGC. Revisão integrativa versus revisão sistemática. REME rev min enferm. 2014 [ Accessed 2018 Dec 15];18(1):9-12. http://www.dx.doi.org/10.5935/1415-2762.20140001

Brasil. Ministério da Saúde. Normas e manuais técnicos: diretrizes metodológicas para elaboração de pareceres técnicos-científicos [Internet]. Brasília; 2011 [Accessed 2015 Dec 10]. http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diretrizes_metodologicas_elaboracao_parecer_tecnico.pdf

Magnago TSBS, Prochnow A, Urbanetto JS, Greco PBT, Beltrame M, Luz EMF. Relationship between work ability in nursing and minor psychological disorders. Texto contexto enferm. 2015 [Accessed 2018 Dec 15]; 24(2):362-70. http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072015002580013

Carvalho DP, Rocha LP, Barlem JGT, Dias JS, Schallenberger CD. Cargas de trabalho e a saúde do trabalhador de enfermagem: revisão integrativa. Cogitare enferm. 2017 [ Accessed 2018 Dec 15]; 22(1). http://dx.doi.org/10.5380/ce.v22i1.46569

Lua I, Araújo TM, Santos KOB, Almeida MMG. Factors associated with common mental disorders among female nursing professionals in primary health care. Psicol reflex crit. 2018 [Accessed 2018 Dec 15]; 31(20):[14 ]. http://dx.doi.org/10.1186/s41155-018-0101-4

Gomes DJ, Araújo TM, Santos KOB. Condições de trabalho e de saúde de trabalhadores em saúde mental em Feira de Santana, Bahia. Rev baiana saúde pública. 2011[Accessed 2015 jul. 15];35(supl.1):211-30. http://rbsp.sesab.ba.gov.br/index.php/rbsp/article/view/157

Tavares JP, Magnago TSBS, Beck CLC, Silva RM, Prestes FC, Lautert L. Prevalência de distúrbios psíquicos menores em enfermeiros docentes. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2014 [ Accessed 2018 Dec 15];18(3):407-14. http://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20140058

Lua I, Almeida MMG, Araújo TM, Soares JFS, Santos KOB. Autoavaliação negativa da saúde em trabalhadoras de enfermagem da atenção básica. Trab educ saúde. 2018 [ Accessed 2018 Dec 15];16(3):1301-19. http://dx.doi.org/10.1590/1981-7746-sol00160

Fabri JMG, Noronha IR, Oliveira EB, Kestenberg CCF, Harbache LMA, Noronha IR. Occupational stress in pediatric nurses: physical and psychological manifestations. Rev baiana enferm. 2018 [Accessed 2018 Dec 15]; 32:e25070. http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v32.25070

Dilélio AS, Facchini LA, Tomasi E, Silva SM, Thumé E, Piccini RX, et al. Prevalência de transtornos psiquiátricos menores em trabalhadores da atenção primária à saúde das regiões Sul e Nordeste do Brasil. Cad Saúde Pública (Online). 2012 [Accessed 2015 Dec 15]; 28(3):503-14. https://www.scielosp.org/scielo.php?pid=S0102-311X2012000300011&script=sci_arttext&tlng=es

Pai DD, Lautert L, Souza SBC, Marziale MHP, Tavares JP. Violence, burnout and minor psychiatric disorders in hospital work. Rev Esc Enferm USP. 2015[Accessed 2018 Dec 15]; 49(3):457-64. http://dx.doi.org/10.1590/S0080-623420150000300014

Medeiros TJ, Aguiar J, Barham EJ. Entre o conflito e o equilíbrio: ferramentas para examinar a relação trabalho-família. Psicol argum. 2017 [Accessed 2018 Dec 15];35(88):45-62. https://periodicos.pucpr.br/index.php/psicologiaargumento/article/view/23366/0

Assunção AA, Machado CJ, Prais HAC, Araújo TM. Work conditions and common mental disorders in psysicians in Brazil. Occup Med. 2013[Accessed 2018 Dec 15];63(3):234-7. http://dx.doi.org/10.1093/occmed/kqt009

Ribeiro RBN, Assunção AA, Araújo TA. Factors associated with job satisfaction among public-sector physicians in Belo Horizonte, Brazil. Int j health serv. 2014 [Accessed 2018 Dec 15];44(4):787-804. http://dx.doi.org/10.2190/HS.44.4.f

Duarte MLC, Glanzner CH, Pereira LP. Work in hospital emergency: suffering and defensive nursing care strategies. Rev gaúch enferm. 2018 [Accessed 2018 Dec 15]; 39:e2017-0255. http://doi.org/10.1590/1983-1447.2018.2017-0255

Azevedo BDS, Nery AA, Cardoso JP. Estresse ocupacional e insatisfação com a qualidade de vida no trabalho da enfermagem. Texto contexto enferm. 2017 [ Accessed 2018 Dec 15]; 26(1):e3940015. http://dx.doi.org/10.1590/0104-07072017003940015

Tavares JP, Beck CLC, Magnago TSBS, Zanini RR, Lautert L. Minor psychiatric disorders among nurses university faculties. Rev latino-am enferm. 2012 [Accessed 2018 Dec 15]; 20(1):157-82. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-11692012000100023

Rodrigues EP, Rodrigues US, Oliveira LMM, Laudano RCS, Sobrinho CLN. Prevalência de transtornos mentais comuns em trabalhadores de enfermagem em um hospital da Bahia. Rev bras enferm. 2014 [ Accessed 2018 Dec 15];67(2):296-301. http://dx.doi.org/10.5935/0034-7167.20140040

Simões J, Bianchi LRO. Prevalência da síndrome de Burnout e qualidade do sono em trabalhadores técnicos de enfermagem. Saúde e pesqui. 2016 [Accessed 2018 Jan 11]; 9(3):473-81. http://docs.bvsalud.org/biblioref/2017/04/832986/8.pdf

De Paula JB, Azevedo SF, Lopes AP, Fermoseli AFO. Incidência de transtornos mentais em servidores públicos: implicações na qualidade de vida do trabalhador. Rev bras qual vida. 2018 [Accessed 2018 Dec 15]; 10(1):e7121. http://dx.doi.org/10.3895/rbqv.v10n1.7121

Mattos AIS, Araújo TM, Almeida MMG. Interação entre demanda-controle e apoio social na ocorrência de transtornos mentais comuns. Rev saúde pública (Online). 2017 [ Accessed 2018 Dec 15]; 51:1-9. http://dx.doi.org/10.1590/s1518-8787.2017051006446

Rezende LCM, Leite KNS, Santos SR, Monteiro LC, Costa MBS, Santos FX. Acidentes de trabalho e suas repercussões na saúde dos profissionais de enfermagem. Rev baiana enferm. 2015 [Accessed 2018 Dec 15]; 29(4):307-17. http://dx.doi.org/10.18471/rbe.v29i4.13559

Portela LF, Luna CK, Rotenberg L, Silva-Costa A, Toivanen S, Araújo T, et al. Job strain and self-reported insomnia symptoms among nurses: what about the influence of emotional demands and social support? Biomed Res Int. 2015 [Accessed 2018 Dec 15]; [08 screens]. http://dx.doi.org/10.1155/2015/820610

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)