THE KNOWLEDGE OF HEALTH PROFESSIONALS ABOUT THE COMPLEMENTARY THERAPIES ON PRIMARY CARECONTEXT

Rosália Garcia Neves, Leandro Barbosa de Pinho, Roxana Isabel Cardozo Gonzáles, Jenifer Harter, Jacó Fernando Schneider, Annie Jeanninne Bisso Lacchini

Resumo


Objetivo: descrever o conhecimento dos profissionais de saúde acerca do uso de terapias complementares (TCs) no contexto da atenção básica. Método: Pesquisa qualitativa, de caráter descritiva, que foi realizada em uma Unidade Básica de Saúde (UBS), de um município da Região Sul do Brasil. Utilizou-se a entrevista semi-estruturada com quatro profissionais de saúde atuantes nesta unidade, sendo um profissional de cada área da saúde. Resultados: Demonstrou-se que os profissionais que conhecem as Terapias Complementares em geral as indicam à população. Ao contrário, aqueles que desconhecem aplicações ou situações no cotidiano da prática ficam mais atrelados à medicação alopática. Pela falta de evidências científicas, dificilmente indicam o tratamento complementar. Conclusão: Espera-se que o estudo possa refletir sobre a necessidade de incorporação das práticas complementares como coadjuvantes do tratamento, da prevenção e da promoção em saúde, uma motivação a mais para profissionais e pacientes no contexto da atenção básica.


Palavras-chave


Terapias complementares; atenção básica à saúde; fitoterapia; alopatia.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.rpcfo.v4.1767 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge
SCImago Institutions Rankings