UNVEILING THE PATHS OF THE THEATER OF THE OPPRESSED AS A STRATEGY FOR PSYCHOSOCIAL REHABILITATION

Juliana Jamaica Sousa da Silva, Priscilla Maria de Castro Silva, Elisângela Braga de Azevedo, Maria de Oliveira Ferreira Filha, Renata Cavalcanti Cordeiro

Resumo


Objetivos: Investigar as concepções sobre reabilitação psicossocial dos usuários e profissionais que trabalham com Teatro do Oprimido (TO) no CAPS III- Liberdade de Aracaju/SE/Brasil em 2011. Identificando quais foram às melhorias na qualidade de vida de portadores de sofrimento psíquico. Métodos: Estudo exploratório-descritivo e qualitativo, coletado através de entrevista semiestruturada com 06 usuários e 01 profissional, sendo analisado através da análise de conteúdo. Resultados: Revelaram usuários ativos; melhora na expressão dialógica e corporal e o TO como uma estratégia de reabilitação psicossocial, pois além de aproximar os participantes, mostram caminhos para o resgate da autonomia através das encenações, além de incentivar à arte. Apresentam também melhora na qualidade de vida e permitem intervalos entre as crises psiquiátricas maiores, tornando-se uma ponte de fortalecimento para a aproximação familiar. Porém, existem dificuldades na sua operacionalização.  Conclusões: Trata-se de uma ferramenta que possibilita a estabilização e a reabilitação dos portadores de sofrimento psíquico.



Palavras-chave


Terapia pela Arte; Serviços de Saúde Mental; Saúde Mental

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2011.v0iSupl..164-175 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM




Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.