Cross cultural adaptation of Collett-Lester Fear of Death Scale to the brazilian reality / Adaptação transcultural da Collett-Lester Fear of Death Scale à realidade brasileira

Carlos Roberto Oliveira Júnior, Daniel Rodrigues Machado, Franklin Santana Santos, José Vitor da Silva, Elaine Aparecida Rocha Domingues

Resumo


Objetivo: realizar a adaptação transcultural da Collett-Lester Fear of Death Scale (CL-FODS) – Escala de Medo da Morte de Collett-Lester (EMMCL). Métodos: Trata-se de um estudo metodológico e descritivo. A escala de Medo da Morte foi originalmente elaborada nos Estados Unidos da América e validada em diversos contextos culturais. A versão original da CL-FODS está constituída por 28 itens agrupados em quatro dimensões. Essa escala é destinada a avaliação do medo da morte e do morrer. Resultados: Para se adquirir a primeira versão, foi realizada a sua tradução para a língua portuguesa, separadamente, por três peritos em inglês. A primeira versão foi submetida ao corpo de cinco juízes para a “Avaliação das Equivalências Semântica e Idiomática” da qual se obteve a segunda versão, que foi submetida ao segundo grupo de cinco juízes para a “Avaliação das Equivalências Conceitual e Cultural” (terceira versão). A seguir desenvolveu-se o Grupo Focal, no qual a EMMCL foi analisada por representantes da comunidade, de ambos os gêneros, diferentes faixas etárias e graus de escolaridade, estabelecendo-se a quarta versão, que foi submetida à back-translation e enviada ao autor da versão original da escala. Após os ajustes sugeridos por ele, alcançou-se a versão final da EMMCL. Conclusão: De acordo com as etapas metodológicas desenvolvidas, considera-se o presente instrumento devidamente adaptado à cultura brasileira.


Palavras-chave


Tradução, adaptação transcultural, morte, morrer

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2018.v10i1.210-216 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.