Ações do enfermeiro na capacitação do usuário e família em diálise peritoneal / Nurse actions on user and family training in peritoneal dialysis

Main Article Content

Vanessa soares Mendes Pedroso
Gustavo Baade de Andrade
Juliana Marques Weykamp
Diana Cecagno
Adriane Calvetti de Medeiros
Hedi Crecencia Heckler de Siqueira

Resumo

Objetivou-se conhecer as contribuições do enfermeiro para usuários e familiares frente à capacitação da diálise peritoneal. Foi utilizado o método de revisão bibliográfica descritiva e exploratória com abordagem qualitativa. Obteve-se como resultado algumas estratégias encontradas por enfermeiros para capacitar os usuários a realizar a terapia em seu domicílio, entre elas, à necessidade deste profissional deter um amplo conhecimento da família do usuário, a fim de verificar o bom desempenho do tratamento. Estudos demonstram que o enfermeiro auxilia na diminuição do sofrimento dos indivíduos e suas famílias, na medida em que, têm o papel de facilitar o acesso aos recursos assistenciais e espirituais. Diversas contribuições do enfermeiro para aprendizagem da terapia foram observadas pela pesquisa. Contribuições essas que permitem ao ser humano um cuidado integral e fornecem ao indivíduo e sua família a possibilidade para o autocuidado domiciliar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Pedroso V soares M, de Andrade GB, Weykamp JM, Cecagno D, de Medeiros AC, de Siqueira HCH. Ações do enfermeiro na capacitação do usuário e família em diálise peritoneal / Nurse actions on user and family training in peritoneal dialysis. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 2º de abril de 2018 [citado 4º de outubro de 2022];10(2):572-6. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/6467
Seção
Integrative Review of the Literature
Biografia do Autor

Vanessa soares Mendes Pedroso

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós Graduação em Enfermagem/FURG. Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa: Gerenciamento Ecossistêmico em Enfermagem/Saúde (GEES).

Gustavo Baade de Andrade

Enfermeiro. Mestrando do Programa de Pós Graduação em Enfermagem/FURG. Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa: Gerenciamento Ecossistêmico em Enfermagem/Saúde (GEES).

Juliana Marques Weykamp

Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Enfermagem/FURG. Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa: Gerenciamento Ecossistêmico em Enfermagem/Saúde (GEES).

Diana Cecagno

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta da Faculdade de Enfermagem/UFPEL. Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa: Gerenciamento Ecossistêmico em Enfermagem/Saúde (GEES).

Adriane Calvetti de Medeiros

Enfermeira. Doutora pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem/FURG. Enfermeira do Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas/UFPEL. Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa: Gerenciamento Ecossistêmico em Enfermagem/Saúde (GEES).

Hedi Crecencia Heckler de Siqueira

Enfermeira e Administradora Hospitalar.Especialista em metodologia da pesquisa. Mestre e  Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Docente permanente do Programa  de Pós Graduação do Curso de Mestrado e Doutorado  em Enfermagem da  Universidade Federal do Rio Grande – FURG. Docente da Faculdade Anhanguera Pelotas/RS.  Membro líder do Grupo de Estudo e Pesquisa: Gerenciamento Ecossistêmico em Enfermagem/Saúde (GEES). Professora Emérita da FURG.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>