Intersectoral Actions for Mental Health: An Integrative Review / Ações de Intersetorialidade em Saúde Mental: Uma Revisão Integrativa

Luzia Michelon Silva, Agnes Olschowsky, Aline Basso da Silva, Fabiane Machado Pavani, Christine Wetzel

Resumo


Objetivo: Identificar na literatura científica as açes intersetoriais desenvolvidas em saúde mental. Métodos: Revisão integrativa realizada nas bases de dados LILACS e MEDLINE, entre janeiro de 2005 a agosto de 2015. Foram encontradas 1027 publicações, das quais 28 atenderam aos critérios de inclusão. Na análise dos dados, evidenciamos ações intersetoriais que foram categorizadas em: intervenções na escola/instituição de ensino; ações educativas; parcerias com ONGs; fóruns de discussões; subsídios sociais; ações de inclusão no trabalho; intervenções na comunidade; intervenção domiciliar; acolhimento das instituições religiosas; e lazer. Resultados: Observa-se a importância das ações intersetoriais na inclusão social com a descentralização do cuidado para outros serviços e dispositivos. No entanto, é necessário problematizar que esse processo não é somente incluir outros espaços, e sim, estimular e desenvolver a comunicação entre eles. Conclusão: O desafio da consolidação da intersetorialidade é que haja a articulação entre diversos setores e a responsabilização compartilhada da rede.


Palavras-chave


Saúde Mental; Integralidade em Saúde; Ação Intersetorial.

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2019.v11i3.763-770 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2019 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 
 
 
 
 
SCImago Institutions Rankings

 

  

 

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.