The young father involvement in the prenatal care: the perspective of health professional / Participação do pai jovem no acompanhamento do pré-natal: a visão do profissional de saúde

Melissa Gomes de Mello, Thais Cordeiro Parauta, Bruna Lopes Saldanha, Adriana Lemos

Resumo


OBJETIVO: Conhecer a visão dos enfermeiros/as e médicos/as sobre a paternidade na adolescência; identificar ações direcionadas ao jovem pai no pré-natal. MÉTODOS: Pesquisa documental com abordagem qualitativa, com dados produzidos pelo projeto “Saúde sexual e reprodutiva como direito de mulheres e homens na atenção à saúde." Os documentos/entrevistas com profissionais que realizam consultas de pré-natal nas ESF possibilitaram a análise de conteúdo nas categorias: “Visão dos profissionais sobre paternidade na adolescência” e “Ações no pré-natal voltadas aos jovens pais”. RESULTADOS: As participantes declararam a diferença entre ser pai jovem e adulto, destacando-se a maturidade. A maioria condenou a gravidez na adolescência, e a não-frequência dos pais às consultas. CONCLUSÃO: Ser pai, em qualquer idade, não afasta as relações tradicionais de gênero, sendo sua inclusão insuficiente. Interpretar negativamente a paternidade na adolescência contribui no afastamento desse jovem pai aos serviços de saúde.

Palavras-chave


Paternidade; Adolescente; Cuidado pré-natal; Pessoal de Saúde

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT

Referências


Brasil. Lei nº8.069, de 13 de julho de 1990. Dispõe sobre o estatuto da criança e do adolescente e dá outras providências. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, 16 jul. 1990.

Spindola T, Ribeiro KS, Fonte VRF. A vivência da gravidez na adolescência: contribuições para a enfermagem obstétrica. Adolesc. Saude. Rio de Janeiro, v.12, n.1, p.50-6, jan/mar 2015. Disponível em: . Acesso em: 20 de julho de 2018.

Brasil. Marco teórico e referencial: saúde sexual e saúde reprodutiva de adolescentes e jovens. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. – Brasília: Ministério da Saúde, 2006.

Corrêa ACL, Meincke SMK, Schwartz E, Oliveira AMN, Soares MC, Jardim VMR. Percepções de homens sobre a vivência da paternidade na adolescência: uma perspectiva bioecológica. Rev Gaúcha Enferm. v.37 n.1. mar.2016. Disponível em: . Acesso em: 18 de julho de 2018.

Ribeiro JP, Giovana CG, Bárbara TS, Leticia SC, Priscila AS, Ivanete SSS.Participação do pai na gestação, parto e puerpério: refletindo as interfaces da assistência de enfermagem. Revista espaço para a saúde. Londrina.v.16. n.3 . p.73-82.jul/set. 2015. Disponível em: . Acesso em: 20 de julho de 2018

Moreira MCN, Gomes R, Ribeiro CR. E agora o homem vem?! Estratégias de atenção à saúde dos homens. Cad. Saúde Pública. v.32. n.4. 2016.

Gomes R, Albernaz L, Ribeiro CRS, Moreira MCN, Nascimento M. Linhas de cuidados masculinos voltados para a saúde sexual, a reprodução e a paternidade. Ciência & Saúde Coletiva. v.21, n.5, p.1545 – 52, 2016

Promundo. MEN CARE. A GLOBAL FATHERHOOD CAMPANIGN. A situação da paternidade no mundo: resumo e recomendações. PROMUNDO. Rio de Janeiro, 2015.

Zampieri MFM, Gregório VRP, Custódio ZAO, Regis MI, Brasil C.O significado de ser pai na ótica de casais grávidos: limitações e facilidades. RevEletrEnf [periódico na Internet] 2012. Disponível em: . Acesso em: 20de julho de 2018.

Brasil. Saúde sexual e saúde reprodutiva. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2010.

Rio de Janeiro. Unidade de Saúde Parceira do Pai. Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil. 1ªed. Rio de Janeiro, ago. 2009.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 1.459, DE 24 DE JUNHO DE 2011. Institui no âmbito do Sistema Único de Saúde - SUS - a Rede Cegonha. Brasília: Ministério da Saúde, 2011.

Brasil. LEI Nº 13.257, DE 8 DE MARÇO DE 2016. Dispõe sobre as políticas públicas para a primeira infância e altera a Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente), o Decreto-Lei no 3.689, de 3 de outubro de 1941 (Código de Processo Penal), a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei no 5.452, de 1o de maio de 1943, a Lei no11.770, de 9 de setembro de 2008, e a Lei no 12.662, de 5 de junho de 2012. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, DF, 8 mar. 2016.

Brasil. Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem. Brasília: Ministério da Saúde; 2008.

Sa-silva JR, Almeida CD, Guindani JF. Pesquisa documental: pistas teóricas e metodológicas.Rev. Bras. de Hist. e Cienc. Soc. ano 1, n.1, s/l, jul. 2009.

Bardin L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2011

Costa MMA, Frare JC, Nobre JRS, Tavares KO. A Maternidade e a Paternidade: o olhar do casal adolescente. Rev. Bras. em Promoção em Saúde, vol.27(1) Fortaleza, jan.mar,2014. p.101-8. Disponível:< http://periodicos.unifor.br/RBPS/article/view/2465/pdf>. Acesso em 20 de julho de 2018.

Vasconcelos ACS, Monteiro RJS, Facundes VLD, Trajano MFC, Gontijo DT. Eu virei homem!:a construção das masculinidades para adolescentes participantes de um projeto de promoção de saúde sexual e reprodutiva. Saude soc. N.25. v.1. 2016. p.186-97.

VEIGA, M.B., 2014. A Paternidade na visão de jovens pais, na perspectiva de gênero. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro - Programa de pós-graduação em enfermagem. Rio de Janeiro. Brasil.

Ministério da Saúde. Pré-natal e Puerpério: atenção qualificada e humanizada - manual técnico. Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. - Brasília: Ministério da Saúde, 2005.




DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.rpcfo.v12.7068 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2020 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge
SCImago Institutions Rankings