NURSING CARE WITH THE SKIN OF NEWBORN IN NEONATAL INTENSIVE CARE UNIT

Main Article Content

Alcineide Mendes de Sousa
Emanuel Cardoso Monte
Ilana Nunes Miranda
Maria Eliete Batista Moura
Claudete Ferreira de Souza Monteiro
Telma Maria Evangelista de Araújo

Resumo

Objetivo: Descrever o cuidado da equipe de enfermagem com a pele do neonato internado na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal e identificar, caso ocorram, as lesões que venham a surgir na pele desses RN. Método: Estudo qualitativo realizado em uma Maternidade Pública de Teresina–PI. Os sujeitos foram 16 profissionais da equipe de enfermagem. A produção dos dados ocorreu através de um roteiro de entrevista semi-estruturada, que, depois de transcritos, foram submetidas à análise categorial temática. Resultados: O estudo possibilitou descrever o cuidado de enfermagem à pele dos RN e as intervenções da equipe de enfermagem diante das lesões. Conclusão: Constatou-se que apesar do empenho da equipe de enfermagem em oferecer uma assistência com o menor risco para o paciente, a ocorrência de lesões na pele dos neonatos é uma realidade enfrentada por estes profissionais, devendo fazer parte de seu cotidiano reconhecê-las, preveni-las e tratá-las.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Sousa AM de, Monte EC, Miranda IN, Moura MEB, Monteiro CF de S, Araújo TME de. NURSING CARE WITH THE SKIN OF NEWBORN IN NEONATAL INTENSIVE CARE UNIT. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 24º de abril de 2012 [citado 17º de janeiro de 2022];(Supl.):52-6. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/1940
Seção
Research
Biografia do Autor

Alcineide Mendes de Sousa, Curso de Enfermagem da Faculdade NOVAFAPI, Teresina – PI.

Especialista em Saúde da Criança e do Adolescente. Docente do curso de Enfermagem da Faculdade NOVAFAPI, Teresina – PI.  

Emanuel Cardoso Monte, Faculdade NOVAFAPI, Teresina – PI.

Enfermeiro pela Faculdade NOVAFAPI, Teresina – PI.  

Ilana Nunes Miranda, Faculdade NOVAFAPI, Teresina – PI.

Enfermeira pela Faculdade NOVAFAPI, Teresina – PI. 

Maria Eliete Batista Moura, Professora do Programa de Mestrado em Enfermagem e da Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Piauí. Professora do Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Família da Faculdade NOVAFAPI.

 Pós-Doutora pela Universidade Aberta de Lisboa – Portugal. Doutora em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora do Programa de Mestrado em Enfermagem e da Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Piauí. Professora do Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Família da Faculdade NOVAFAPI.

Claudete Ferreira de Souza Monteiro, Professora do Programa de Mestrado em Enfermagem e da Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Piauí. Professora do Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Família da Faculdade NOVAFAPI.

 - Doutora em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora do Programa de Mestrado em Enfermagem e da Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Piauí. Professora do Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Família da Faculdade NOVAFAPI.

Telma Maria Evangelista de Araújo, Programa de Mestrado em Enfermagem e da Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Piauí. Professora do Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Família da Faculdade NOVAFAPI.

 - Doutora em Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora do Programa de Mestrado em Enfermagem e da Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Piauí. Professora do Programa de Mestrado Profissional em Saúde da Família da Faculdade NOVAFAPI.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>