The instrument record of samu: with the word of health professionals

Main Article Content

Belmara Coelho Barros
Katia Simoni Bezerra Lima
Amanda Figueirôa Silva Carmo
Laísla Alves Moura
Adriana Gonçalves de Barros
Juliana Pedrosa Korinfisky

Resumo

Objetivo: Analisar a percepção dos profissionais oriundos da saúde acerca da ficha de atendimento no SAMU-192 no município de Petrolina-PE. Métodos: Trata-se de um estudo com abordagem qualitativa, de caráter exploratório e descritivo, desenvolvido com profissionais da saúde do SAMU de Petrolina-PE. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética e Estudos Humanos e Animais (CEEAH) da UNIVASF sob o protocolo sob nº 12081022. Foram realizadas 24 entrevistas, posteriormente transcritas e analisadas segundo a técnica de análise de conteúdo de Bardin. Resultados:  Pode-se identificar que a ficha de atendimento é um documento com a finalidade de registro de dados clínicos do paciente, sendo também essencial para questões éticas e jurídicas. Ainda, segundo os entrevistados, os dados gerados pelo prontuário podem ser utilizados em epidemiologia. Conclusão: Dessa forma, pode-se percebe que os dados podem propiciar aos gestores subsídios para implementar medidas para organizar e otimizar o atendimento ao paciente gravemente enfermo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Barros BC, Lima KSB, Silva Carmo AF, Moura LA, de Barros AG, Korinfisky JP. The instrument record of samu: with the word of health professionals. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 28º de março de 2014 [citado 17º de maio de 2022];6(2):618-26. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/3074
Seção
Research
Biografia do Autor

Belmara Coelho Barros, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Enfermeira pela Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF), Petrolina-PE, Brasil

Katia Simoni Bezerra Lima, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Enfermeira. Mestre em ciências da saúde, Professora curso de graduação em enfermagem da Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF, Petrolina-PE,Brasil

Amanda Figueirôa Silva Carmo, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Enfermeira. Mestre em Saúde Materno Infantil,  Professora do Curso de Graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Vale do São Francisco/ UNIVASF- Petrolina-PE, Brasil

Laísla Alves Moura, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Enfermeira. Mestranda em enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal-RN, 

Adriana Gonçalves de Barros, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Enfermeira. Mestranda em enfermagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal-RN, 

Juliana Pedrosa Korinfisky, Universidade Federal do Vale do São Francisco

Enfermeira. Mestre em ciências da saúde, professora do curso de graduação em enfermagem da Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF, Petrolina-PE, Brasil.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>