Perfil clínico, sociodemográfico e epidemiológico da mulher com câncer de mama Clinical, sociodemographic and epidemiological profile of woman with breast cancer

Gabriela Magalhães, Camila Brandão-Souza, Suzete Maria Fustinoni, Jéssica Carvalho de Matos, Janine Schirmer

Resumo


Objetivo: Descrever as principais características clínico-terapêuticas e epidemiológicas, de mulheres diagnosticadas com câncer de mama no Hospital Pérola Byington, entre os anos de 2000 e 2006. Metodologia: Trata-se de um estudo de corte transversal e natureza quantitativa. A coleta de dados foi realizada por meio de um formulário estruturado. Resultados: A maior parte das mulheres eram casadas, brancas, com baixa escolaridade, católicas e do lar. Cerca de 75% tiveram pelo menos uma gravidez, e 33,1% amamentaram. Pouco mais de 30% fizeram reposição hormonal. Eram fumantes 14,7%, e 2,7% ex-fumantes. Os estadiamentos clínicos iniciais de maiores incidências são os II e III, juntos representam 66,5% dos casos. Cerca de 91,3% das mulheres não apresentavam diagnóstico do tumor de mama e nem tratamento anterior a primeira consulta. Conclusão: Conhecer o perfil das mulheres acometidas pelo câncer de mama é imprescindível para o direcionamento de recursos e tomadas de decisão.


Palavras-chave


Neoplasias da mama; Epidemiologia; Saúde da mulher

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2017.v9i2.473-479 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM