Biossegurança: fatores de risco vivenciados pelo enfermeiro no contexto de seu trabalho / Biosafety: risk factors enhanced by the nurse in their work context

Main Article Content

Gustavo Baade Andrade
Juliana Marques Weykamp
Diana Cecagno
Vanessa Soares Mendes Pedroso
Adriane Calvetti de Medeiros
Hedi Crecencia Heckler de Siqueira

Resumo

Objetivo: Conhecer e analisar a produção científica em relação a biossegurança e os fatores de risco vivenciados pelo enfermeiro no seu contexto hospitalar. Método: Revisão integrativa da literatura, realizada no período de 2009 à 2016, nas bases de dados LILACS, MEDLINE e  BDENF. Resultados: De 65 artigos encontrados, de publicação nacional, 10 atenderam os critérios de inclusão. Ao analisar os artigos foram identificadas temáticas que abordam a biossegurança com ênfase nos profissionais que atuam diretamente na assistência. A partir dos dados elencou-se alguns fatores de risco presentes no cotidiano de trabalho do enfermeiro que de forma direta e/ou indireta possam afetar sua integridade, bem estar físico, moral e psicossocial. Conclusão: Entende-se que nas ações de biossegurança nos contexto de trabalho do enfermeiro, precisam estar ancoradas nas políticas públicas em saúde, bem como na educação continuada dos profissionais e sua participação nos programas de controle e adoção de medidas de segurança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Article Details

Como Citar
1.
Andrade GB, Weykamp JM, Cecagno D, Pedroso VSM, de Medeiros AC, de Siqueira HCH. Biossegurança: fatores de risco vivenciados pelo enfermeiro no contexto de seu trabalho / Biosafety: risk factors enhanced by the nurse in their work context. R. pesq. cuid. fundam. online [Internet]. 2º de abril de 2018 [citado 16º de maio de 2022];10(2):565-71. Disponível em: http://seer.unirio.br/cuidadofundamental/article/view/6462
Seção
Integrative Review of the Literature
Biografia do Autor

Gustavo Baade Andrade

Enfermeiro. Mestrando do Programa de Pós Graduação em Enfermagem/FURG. Membro do Grupo GEES.

Juliana Marques Weykamp

Enfermeira. Mestre em Enfermagem. Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Enfermagem/FURG. Membro do Grupo GEES.

Diana Cecagno

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora Adjunta da Faculdade de Enfermagem/UFPEL. Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa: Gerenciamento Ecossistêmico em Enfermagem/Saúde (GEES).

Vanessa Soares Mendes Pedroso

Enfermeira. Mestranda do Programa de Pós Graduação em Enfermagem/FURG. Membro do Grupo GEES.

Adriane Calvetti de Medeiros

Enfermeira.  Doutora pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem/FURG. Enfermeira do Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas/UFPEL.  Membro do GEES.

Hedi Crecencia Heckler de Siqueira

Enfermeira e Administradora Hospitalar.Especialista em metodologia da pesquisa. Mestre e  Doutora em Enfermagem pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Docente permanente do Programa  de Pós Graduação do Curso de Mestrado e Doutorado  em Enfermagem da  Universidade Federal do Rio Grande – FURG. Docente da Faculdade Anhanguera Pelotas/RS.  Membro líder do Grupo de Estudo e Pesquisa: Gerenciamento Ecossistêmico em Enfermagem/Saúde (GEES). Professora Emérita da FURG.

Plum Analytics

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>