Práticas não convencionais em saúde por familiares e vínculos afetivos de pacientes críticos Unconventional health practices by family and affective bonds of critic patients

Jocelly de Araújo Ferreira, Alana Dionízio Carneiro, Priscilla Tereza Lopes de Souza, Nayda Babel Alves de Lima

Resumo


Objetivo: averiguar a aplicabilidade das práticas não convencionais na saúde de visitantes com vínculos afetivos e/ou familiares de pacientes críticos. Métodos: Estudo descritivo, quantitativo, realizado nos ambientes de atendimento ao paciente crítico do Hospital Estadual de Emergência e Trauma, na cidade de João Pessoa – Paraíba. A amostra foi composta por 100 familiares. Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturada e analisados pelo Software Statistical Package for Social Sciences. Aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa, sob o número 328.320.  Resultados: Observou-se aplicabilidade, conhecimento e boa aceitação na utilização de algumas práticas não convencionais, por familiares e por vínculos afetivos de pacientes críticos. Conclusão: As práticas não convencionais proporcionam um cuidado integral ao indivíduo, aos familiares e vínculos afetivos. Os familiares e vínculos afetivos transmitem uma grande confiabilidade destas práticas, reconhecendo-as e integrando-as como componente fundamental para a influência do seu uso. Descritores: Terapias complementares, Cuidados críticos, Ações terapêuticas.


Palavras-chave


Terapias complementares; Cuidados críticos; Ações terapêuticas.

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2017.v9i1.200-207 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2017 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online



Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge