Practice of Insertion, Maintenance and Removal of Peripheral Inserted Central Catheter in Neonates / Práticas de Inserção, Manutenção e Remoção do Cateter Central de Inserção Periférica em Neonatos

Regiane Josy Mediote Rangel, Denise Silveira Castro, Maria Helena Costa Amorim, Eliana Zandonade, Marialda Moreira Christoffel, Candida Caniçali Primo

Resumo


Objetivo: Avaliar as práticas de enfermagem na inserção, manutenção e remoção do Cateter Central de Inserção Periférica em neonatos. Métodos: Estudo correlacional retrospectivo realizado em um Hospital Universitário com amostra de 137 neonatos no período de 2009 a 2012. Os dados foram coletados no prontuário e analisados com testes estatísticos. Resultados: O posicionamento inicial da ponta do cateter foi central em 60,6%. Complicações ocorreram em 53,3% dos cateteres, e as mais comuns: obstrução (13,1%) e infiltração/extravasamento (12,4%). O tempo de permanência foi influenciado (p<0,05) pela posição da ponta não central, complicações e remoção não eletiva. Conclusão: Destaca-se a necessidade de elaboração de protocolos e a realização de programas de intervenção educativa, a fim de garantir a segurança do paciente e a qualidade da assistência.


Palavras-chave


Cateterismo venoso central, cateterismo periférico, unidades de terapia intensiva neonatal, recém-nascido, enfermagem

Texto completo:

PDF-EN PDF-PT


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2019.v11i2.278-284 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

Crossref Metadata User Badge