TAXAS DE INFECÇÃO HOSPITALAR EM UMA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA NEONATAL

Waleska de Oliveira Bittencourt, Renata Oliveira Souza de Lima, Rose Brandão Honório, Jéssica Louise da Silva Barbosa

Resumo


Trata-se de uma pesquisa descritiva quantitativa que teve o seguinte objetivo: identificar as taxas de infecção hospitalar relacionadas ao trato vascular em recém-nascidos hospitalizados na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal de um Hospital Universitário localizado no estado do Rio de Janeiro no período de 2005 a 2007. A amostra foi constituída todos os recém-nascidos internados em 2005 e 2007. Os resultados indicaram que, embora a taxa de infecções hospitalares em 2007 seja menor que no ano de 2005, a proporção de infecções relacionadas ao trato vascular sofreu um discreto aumento considerando as demais topografias. Embora a educação continuada seja empregada na unidade, acredita-se que fatores como a alta rotatividade de profissionais e o uso de mais cateteres venosos centrais na rotina reduzam sua efetividade. Desta forma, foram elaboradas algumas propostas para a redução das infecções hospitalares na unidade estudada.

Palavras-chave


Enfermagem; Neonatologia; Infecção Hospitalar; Unidades de Terapia Intensiva

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2009.v1i1.%25p 

Article Metrics

Metrics Loading ...

Metrics powered by PLOS ALM


Direitos autorais 2014 Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online



Novas regras para submissão de artigos na RPCFO a partir de 01/07/2018. Clique aqui.

O atendimento telefônico da secretaria funciona de 06:00 as 09:00, de segunda a sexta feira.

 

        

Crossref Metadata User Badge